Eleições 2016

Luiz Castro reforça compromisso com Ficha Verde e diz que atuará na limpeza dos igarapés de Manaus

“Neste pulso, só o povo segura. Mãos limpas. Verdade no coração”, diz o prefeiturável

“Neste pulso, só o povo segura. Mãos limpas. Verdade no coração”, diz o prefeiturável – foto: Márcio Melo

A limpeza dos igarapés de Manaus, com ações contínuas de educação ambiental e de coleta de resíduos, em parceria com cooperativas e associações de catadores, é mais uma proposta do candidato a prefeito de Manaus, Luiz Castro (REDE/PMN). O compromisso foi assumido junto ao Movimento Ficha Verde, que atua em prol da qualidade de vida da população manauara.

Para garantir os meios necessários à execução de uma política efetiva de proteção ambiental, Luiz Castro propõe a ampliação dos recursos orçamentários destinados à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semmas) que, segundo ele, hoje, são irrisórios.

Caso seja eleito, o candidato garante que vai reestruturar a Política Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental com a participação da sociedade civil e propõe a realização de obras de saneamento ambiental, em áreas de mananciais capazes de assegurar a sua preservação.

“Manaus é uma metrópole, no coração da Amazônia Ocidental, e já estamos atrasados na formulação de políticas ambientais. Não dá mais para conviver com igarapés poluídos, com a falta de saneamento e de esgoto sanitário, que cada vez mais contaminam os mananciais e oferecem riscos à saúde da população”, alerta Luiz Castro.

Para tanto, ele propõe o envolvimento das instituições de pesquisa e do setor empresarial no programa de limpeza dos igarapés da cidade, em ações que gradualmente evitarão o acúmulo de resíduos e a contaminação das bacias hidrográficas de Manaus.

O plano de governo da coligação REDE/PMN prevê ainda a criação do Programa Municipal de Coleta Seletiva e de reciclagem, gerando emprego e renda às cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis, que atuarão nas ações de saneamento dos igarapés da cidade.

Ele assumiu também o compromisso de exigir um plano de gerenciamento de resíduos como condição para a aprovação de obras públicas ou privadas, além de criar parcerias para a Coleta Seletiva Solidária com empresas que usufruem dos incentivos da ZFM.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir