Cultura

Lucilene Castro lança o seu oitavo CD, ‘Cantos da Amazônia’

 O oitavo disco da carreira da cantora foi produzido durante 2 anos e traz canções da Música Popular Amazonense- foto: divulgação


O oitavo disco da carreira da cantora foi produzido durante 2 anos e traz canções da Música Popular Amazonense- foto: divulgação

Uma mistura de sonoridades em um show minimalista e pensado em cada detalhe. É o que a cantora amazonense Lucilene Castro promete levar ao palco do Teatro Amazonas, no próximo dia 3 de fevereiro, ocasião em que lança seu oitavo CD intitulado ‘Cantos da Amazônia’. O projeto, que vem sendo idealizado há 2 anos, foi contemplado no Edital de Conexões Culturais da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), em 2015.

Acompanhada por três músicos, Lucilene interpretará canções de grandes e novos compositores que enriquecem o cenário da Música Popular Amazonense (MPA), entre eles Nicolas Júnior, Júnior Rodrigues, Eliakin Rufino, Neuber Uchoa, Ruy Barata, entre outros. No repertório estão músicas que vão das toadas do boi-bumbá, passando pelo carimbó, samba, rap até as músicas indígenas.

“São vários ritmos, várias sonoridades de canções da nova geração de compositores, sempre falando da Amazônia e da visão urbana que temos dela. Esse é um projeto bem pensado, um dos mais maduros e que apresento sem o menor medo, porque sei que o público conhece meu trabalho”, comentou a cantora.

O show contará com participações especiais como a de Nunes Filho, Márcia Siqueira, Jander Manauara e DJ Carapanã. “O Nunes é um artista que ultrapassa barreiras e agrada a todos; a Márcia, além de uma amiga, é um dos grandes nomes femininos ligados a toadas; o Jander é um rapper com uma visão incrível de um lado urbano, de uma Amazônia além das florestas; e o DJ Carapanã é responsável por essa vertente rap”, detalhou Lucilene, que foi a primeira cantora a gravar um CD inteiro somente com toadas de boi-bumbá – o primeiro de sua carreira.

No palco, ela se utiliza ainda do figurino como elemento de demonstração de uma “Amazônia urbana”, feito especialmente para sua apresentação, com estampas extraídas a partir de um quadro do artista Zeca Nazaré, mostrando o regional moderno, contextualizando o cenário do show.

Carreira

Lucilene Castro possui mais de 20 anos de carreira, já se apresentou em diversas cidades brasileiras e no exterior e é uma das mais atuantes artistas amazonenses, tendo participado de vários projetos de sucesso na cidade. Entre eles: ‘Maria, Maria’; ‘Mas podem me chamar de Chico’; ‘Elas cantam Samba’, este último com a gravação do CD/DVD marcada para deste ano março.

A entrada no show será um quilo de alimento não perecível, que será doado para o Lar das Marias, instituição sem fins lucrativos que cuida de mulheres com câncer.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir