Mundo

Líder colombiano viaja a Cuba para anúncio sobre acordo com as Farc

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, fará uma viagem surpresa para Cuba nesta quarta-feira (23), onde deve ter um encontro histórico com líderes das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) para um anúncio sobre avanços importantes nas negociações de paz.

Segundo as agências de notícias, especula-se que as equipes de negociação, que se reúnem em Havana desde 2012 com mediadores de Cuba e Noruega, tenham concordado em formas de punir comandantes dos insurgentes por violações de direitos humanos no contexto do conflito colombiano.

Um pacto em torno da punição dos combatentes seria o quarto acordo parcial alcançado nas negociações e representaria um importante avanço para que as partes cheguem a um tratado de paz definitivo. Até agora, o governo e as Farc acordaram em temas como reforma agrária, direitos políticos para antigos rebeldes e o fim do narcotráfico.

“Algumas pessoas em ambos os lados ficarão infelizes. Alguns querem mais paz, outros querem mais justiça”, disse Santos nesta terça-feira. “Nem todo o mundo ficará contente, mas tenho certeza de que no longo prazo estaremos muito melhores.”

É a primeira vez que o presidente colombiano viaja para Cuba desde o início das negociações.

Segundo fontes do governo disseram à agência de notícias Reuters, o evento em Havana reunirá no mesmo ambiente Santos e o líder das Farc, Rodrigo Londono, conhecido como Timochenko. Especula-se que o ditador cubano, Raúl Castro, também compareça ao anúncio dos negociadores.

O conflito na Colômbia já dura mais de 50 anos e deixou 220 mortos e forçou milhões de pessoas a saírem de suas casas.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir