Sem categoria

‘Lava o Jato da Bica’ – irreverência dá o tom à marchinha que critica políticos corruptos

Os autores da marchinha ‘Lava o Jato da Bica’ são Dudu Brasil, Edu do Banjo, Mário Adolfo e Mestre Pinheiro (da esquerda para a direita) – foto: Ione Moreno

Os autores da marchinha ‘Lava o Jato da Bica’ são Dudu Brasil, Edu do Banjo, Mário Adolfo e Mestre Pinheiro (da esquerda para a direita) – foto: Ione Moreno

A marchinha que vai animar o Carnaval da Banda Independente Confraria do Armando (Bica) está saindo do forno. Ficou pronta na noite de quarta-feira (13) e já nesta sexta (15) começa a ser gravada em estúdio. Mais uma vez, os autores são Mário Adolfo, Edu do Banjo, Mestre Pinheiro e Dudu Brasil, o garoto de 15 anos que vem tocando com os músicos desde os 10 anos.

O enredo ‘Armando é Patrimônio Cultural, mas continua metendo a Bica em político lalau’ é um apanhado bem-humorado do quadro político de Manaus e do país, passando pela ameaça de cassação do governador José Melo, escândalo de Iranduba, operação Lava Jato e até a fumaça que em 2015 acinzentou o céu de Manaus. Esta é a 13ª marchinha composta pelo quarteto de biqueiros.

“A nossa marca sempre foi essa. Pegar assuntos que foram manchetes nos jornais e apimentar com muito humor e críticas, mas tendo o cuidado de levar tudo na base da galhofa”, explica o jornalista Mário Adolfo, autor da letra.

Este ano, os compositores contaram com a participação do cantor Assis, que colocou voz em cinco das 13 marchinhas compostas pelo quarteto da Bica. “A participação do Assis foi fundamental para encaixar letra e música. A tarefa não é fácil, porque e letra tem tantas tiradas de humor que a gente não quer cortar nenhum verso”, explica Edu do Banjo.

Hoje, os músicos entrarão no estúdio para gravar a marchinha e colocar os arranjos de Dudu Brasil, que deverá tocar o cavaquinho, violão e piano. Edu deverá acompanhar no banjo e a percussão ficará por conta de mestre Pinheiro, que também é o autor dos ‘cacos’ que geralmente aparecem nas marchinhas da Bica.

“O CD com a marchinha nova e também as outras 12 composições dos carnavais passados será lançado no esquenta da Bica da próxima quinta-feira (21), quando a música será apresentada ao vivo”, explicou Cláudia Soeiro, filha do português Armando Soares e atual general da banda.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir