Sem categoria

Latrocínio: vigilante é morto durante assalto em depósito de empresa na Zona Leste de Manaus

A vítima foi acertada com um tiro no peito – fotos: Josemar Antunes

A vítima foi acertada com um tiro no peito – fotos: Josemar Antunes

O vigilante Elias Amorim de Matos, 30, foi morto por volta das 23h15 desta terça-feira (5), durante tentativa de assalto ao depósito da empresa Pemaza, na avenida Palmeira do Miriti, bairro Gilberto Mestrinho, Distrito Industrial 2, Zona Leste de Manaus. A vítima foi acertada com um tiro no peito.

Conforme o também vigilante Joel Gomes dos Santos, 30, que trabalha em uma empresa ao lado do depósito, após ouvir o tiro, correu para saber o que havia acontecido e viu três homens armados no local.

Eles estavam com revólver, uma pistola e uma escopeta possivelmente calibre 12 e fugiram a pé correndo, antes que pudessem ser identificados. “Eu ainda tentei impedir a fuga dos bandidos, mas como os ônibus da empresa estavam chegando para deixar e buscar funcionários, preferi não fazer nenhum disparo, pois eles podiam revidar e ferir alguém”, disse Joel Gomes.

Vigilante-assassinado_foto_Josemar-Antunes

Segundo o vigilante, os assaltos são frequentes na área e o policiamento é ineficiente. Elias realizava o serviço de ronda sozinho em toda a extensão da empresa. “Devido estar sozinho, os bandidos se aproveitaram da situação. Acho que ele foi surpreendido pelos bandidos quando retornava da ronda na área”, comentou Gomes.

Peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) confirmaram que o vigilante foi morto com um tiro no tórax. O revólver do vigilante e o colete balístico foram levados pelos criminosos.

Imagens das câmeras de segurança de uma empresa próxima ao local do crime serão solicitadas por investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) pra tentar identificar os assaltantes.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir