Holofotes

Kajuru explica que reapareceu para acabar com boatos sobre sua morte

Em Ribeirão, ele diz ter recebido uma bronca de seus amigos, porque estava usando seu telefone para fazer ligações - foto: divulgação

Em Ribeirão, ele diz ter recebido uma bronca de seus amigos, porque estava usando seu telefone para fazer ligações – foto: divulgação

Após passar dois dias sumido, o jornalista Jorge Kajuru voltou a usar as redes sociais, no fim deste domingo (3), para dizer que está bem. Kajuru só reapareceu porque a notícia de sua morte começou a circular na internet.

Ele afirmou que na última semana foi aconselhado por dois amigos a deixar a cidade de Goiânia, onde reside, por ter feito denúncias contra o governador do Estado, Marconi Perillo (PSDB-GO) em sua página do Facebook, além de piadas com a prisão do empresário Carlinhos Cachoeira.

O colunista esportivo postou vídeos com denúncias de superfaturamento em obras do governo de Goiás, entre outras.

Procurado pela reportagem, o governo de Goiás preferiu não se manifestar sobre as acusações.

“Ontem eu senti um mal-estar muito grande. Às 18h, eu fui informado que tinham publicado que acharam o meu corpo. Aquilo me deixou muito revoltado e me fez parar com isso”, contou.

O jornalista disse que junto com alguns amigos decidiu fazer uma viagem até Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, onde queria rever conhecidos da infância e conversar com o filho do jogador de futebol Sócrates.

A decisão de viajar foi tomada depois que dois amigos do jornalista recomendaram que ele saísse de Goiânia. “Eles me perguntaram se eu tinha algum lugar para ficar nesses últimos 20 dias. Algum lugar, tranquilo e seguro. E falaram: ‘Kajuru, você entrou nessa semana com denúncias muito graves'”, acrescentou, explicando que não recebeu diretamente nenhuma ameaça.

Em Ribeirão, ele diz ter recebido uma bronca de seus amigos, porque estava usando seu telefone para fazer ligações.

Segundo o jornalista, o aparelho teria sido rastreado e seu paradeiro fora revelado. “Falaram para eu só usar o WhatsApp e com quem eu confio. Aí eu fiquei assustado, com medo.”

De lá, seguiu para Andradina, também no interior paulista, pois queria ficar em um rancho de um amigo. No entanto, não conseguiu usar o telefone na estrada para falar com a mulher e informar sua mudança de destino.

Pela falta de notícias, um de seus produtores publicou uma mensagem nas redes sociais dizendo que Kajuru tinha desaparecido.

Kajuru planeja voltar a Goiânia e diz que continuará com suas “denúncias”.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir