Esportes

Juventus elimina Real Madrid e está na final da Liga dos Campeões

Com um gol do atacante Morata, revelado no Real Madrid, a Juventus arrancou o empate por 1 a 1 com a equipe espanhola, na tarde desta quarta-feira (13), em Madri, e fará a final da Liga dos Campeões contra o Barcelona.

Como havia vencido o duelo de ida das semifinais por 2 a 1, em Turim, a equipe italiana assegurou a sua classificação à decisão da competição europeia, que será disputada no estádio Olímpico de Berlim, no próximo dia 6 de junho.
Com o resultado, a Juventus, duas vezes campeã europeia, em 1985 e 1996, e finalista em sete ocasiões, volta a disputar a final do principal torneio europeu depois de 12 anos da sua última presença, quando perdeu a decisão para o Milan em 2003.

O JOGO

Com a vantagem adquirida na partida de ida, a Juventus optou por tentar cadenciar a partida, principalmente, no primeiro tempo, para evitar a pressão do Real Madrid. Porém, mesmo com mais posse de bola, a equipe de Turim pouco produziu no campo ofensivo e, de quebra, foi refém dos rápidos contra-ataques do time espanhol.

Somente antes do intervalo, os donos da casa realizaram 11 finalizações contra apenas duas dos visitantes, segundo a Uefa. E, se não fosse a boa atuação do goleiro Buffon, o Real poderia ter ido para os vestiários com um placar bem maior que 1 a 0.

O goleiro italiano fez belas defesas em chute de Bale, aos 20min, e na cabeçada de Benzema, que voltava ao time espanhol, aos 30min. O camisa 1 da Juventus só não conseguiu evitar a cobrança de pênalti de Cristiano Ronaldo, que chutou no meio do gol e abriu o placar da partida ainda aos 23min.

No entanto, o lance que culminou com o décimo gol do atacante português na competição, igualando-se a Lionel Messi, foi polêmico. O árbitro Jonas Eriksson errou a marcar a penalidade do zagueiro Chiellini no colombiano James Rodríguez, que cavou a falta dentro da grande área italiana.

Decisivo na partida de ida, o argentino Tévez pouco participou do jogo também no segundo tempo. Mesmo assim, o time italiano conseguiu criar boas chances no campo de ataque logo no reinício da partida.

E, após um rebote de uma jogada de bola parada, a Juventus chegou ao empate. Aos 11min, após toque de cabeça de Pogba, Morata ajeitou a bola quase na marca do pênalti e, livre, chutou forte, para empatar o jogo. O goleiro Casillas ainda tocou na bola antes de ser vazado.

Após o revés, o técnico Carlo Ancelotti promoveu a entrada do atacante Hernández, apelidado de “Chicharito”, no lugar de Benzema, cansado. Assim, o Real pressionou a equipe de Turim até os minutos finais. Mas, sem sucesso.

No fim do confronto, o goleiro Casillas ainda fez bela defesa e evitou gol certo de Pogba.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir