Política

Justificativas para impeachment estão próximas da comprovação, diz Aécio

 foto: Divulgação

foto: Divulgação

As denúncias que justificariam o impeachment da presidente Dilma Rousseff estão cada vez mais próximas de serem comprovadas, afirmou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em entrevista antes de evento em homenagem ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em Nova York, nos EUA.

Segundo ele, há indícios muito fortes contra Dilma. “As denúncias que surgem em relação à Lava Jato, inclusive na última semana, mostram que houve dinheiro de propina para a campanha presidencial. E isso é extremamente grave”, disse Aécio.

O senador afirmou que o PSDB investiga todas as denúncias contra a presidente, “seja pela utilização de recursos de propina para campanha eleitoral, sejam as chamadas pedaladas fiscais ou a utilização de empresas públicas com fins eleitorais”.

Por causa da divisão entre os tucanos, Aécio adiou, na semana passada, para o final de maio a decisão sobre o pedido de investigações contra a presidente. Não há consenso dentro do PSDB, nem em outros partidos da oposição, sobre a apresentação do pedido de impeachment neste momento.

A reunião com presidentes e líderes de partidos da oposição, em que o grupo prometeu tomar uma decisão formal sobre o impeachment, está marcada para o dia 20.

O governador Geraldo Alckmin também compareceu ao evento em Nova York. A jornalistas, disse que o Brasil é maior que a crise. “Ela é passageira, conjuntural, fruto de escolhas erradas”, afirmou.

Alckmin elogiou FHC, escolhido a “Pessoa do Ano” pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, a quem chamou de “precursor na construção da responsabilidade fiscal.”

“O Fernando Henrique nunca flertou com o populismo, foi importante na questão da responsabilidade fiscal”, afirmou. “O tempo está mostrando que o modelo de governar social democrata do PSDB é totalmente diferente do PT.”

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir