Esportes

Justiça suíça confirma prisão de seis dirigentes da Fifa

O Ministério da Justiça e a polícia da Suíça confirmaram a detenção hoje (27), por acusações de corrupção, de seis dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa), em Zurique. Eles estavam num hotel na cidade.

As autoridades suíças preveem a extradição deles para os Estados Unidos, onde as autoridades de Nova York os investigam por terem, supostamente, aceitado subornos desde o início dos anos 1990.

Presos

José Maria Marin – Ex-presidente da CBF e membro do comitê organizador do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de 2016.

Jeffrey Webb – Vice-presidente da Fifa e membro do comitê executivo, presidente da Concacaf e presidente da Associação de Futebol das Ilhas Cayman.

Eduardo Li – Membro do comitê executivo da Fifa e presidente da Federação de Futebol da Costa Rica.

Julio Rocha – Integrante do comitê de desenvolvimento da Fifa. Presidente da Federação de Futebol da Nicarágua.

Costas Takkas – Assessor da presidência da Concacaf.

Eugenio Figueredo – Vice-presidente da Fifa e membro do comitê executivo da entidade. Ex-presidente da Conmebol e da Federação de Futebol do Uruguai.

Rafael Esquivel – Membro do comitê executivo da Conmebol e presidente da Federação de Futebol da Venezuela.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir