Esportes

Justiça manda Neymar apresentar documentos da venda ao Barcelona

Réu na Espanha acusado de corrupção privada e simulação de contratos, Neymar também é pressionado pela Justiça brasileira.

A juíza Thaís Cabaleiro Coutinho, de Santos, determinou que o jogador, seu pai e a N&N Consultoria, empresa da família, apresentem todos os documentos que envolveram a transferência do Santos para o Barcelona, em 2013.

A abertura dos papéis é um pedido da Teisa (Terceira Estrela Investimentos S.A.), composta por cartolas do Santos que compraram 5% dos direitos econômicos do jogador em 2010.

A firma entende que foi prejudicada na venda, já que toda a transação envolveu valores superiores aos 17,1 milhões de euros pagos ao Santos pelo Barcelona. Lembra que Neymar e o Santos receberam outros valores do Barcelona.

Na decisão em que ordena a apresentação dos documentos, a juíza diz que “há robustas evidências de que o valor real envolvido na transferência do jogador tenha de fato sido ocultado pelos participantes diretos do negócio”.

A Justiça deu cinco dias para que o jogador apresente os documentos requisitados.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir