Dia a dia

Justiça decreta prisão de homem que feriu bebê com terçado em Jutaí

Ilzimar é suspeito de ter atingido com um golpe de terçado o sobrinho de apenas 10 meses - foto: divulgação

Ilzimar é suspeito de ter atingido com um golpe de terçado o sobrinho de apenas 10 meses – foto: divulgação

O pedido de prisão em nome de Ilzimar Cavalcante do Nascimento, 25, conhecido como ‘Luiz’, foi expedido no fim da tarde desta segunda-feira (12). Ele é suspeito de ter atingido com um golpe de terçado o sobrinho de apenas 10 meses. O fato ocorreu no dia 7 deste mês em uma área de garimpo em Jutaí (a 632 quilômetros de Manaus).

O mandado foi decretado pelo juiz do município, Manoel Amaro. Ilzimar está no hospital da cidade, onde segue internado, devido aos golpes de terçado que recebeu de um homem identificado apenas como Raiterson, seria primo da mãe do bebê, identificada como Márcia.

Raiterson ainda não foi localizado pela polícia e, devido aos fatos ainda não estarem totalmente esclarecidos, ele ainda não teve a prisão preventiva solicitada. Até o momento, três testemunhas foram ouvidas: a mãe do bebê, o Ilzimar e sua esposa.

“A família informou que ele estaria vindo para município para se apresentar na delegacia, mas até o momento, não compareceu” disse o delegado Genilson Arruda, titular do 56º Delegacia Interativa de Polícia de Jutaí (DIP).

Conforme o delegado, Ilzimar Cavalcante deverá ser transferido para um hospital de custodia em Manaus.

“Ele foi submetido a uma nova cirurgia. Estou agilizando sua transferência para o hospital de custodia em Manaus, já que a preventiva dele já foi decretada. Vou pedir ao juiz que autorize a transferência dele para a capital, pois não tenho estrutura médica na delegacia e nem policiais suficientes para vigia-lo no hospital aqui no município” disse Genilson Arruda.

Em depoimento, a mãe do bebê conta que estava sentada com a criança no colo, quando uma briga começou e  Ilzimar, que discutia com a mulher, se aproximou e desferiu um golpe de terçado em sua direção mas, ao se esquivar, o golpe pegou na criança. “Quando ia desferir o segundo golpe, Raiterson apareceu e defendeu ela e o bebê”, disse o delegado.

O delegado ainda informou que Ilzimar nega tudo e diz que não lembra de nada porque estava bêbado. “A esposa de Ilzimar disse que passou mal e desmaiou ao ver a cabeça do bebê coberta de sangue. A esposa, que está gravida de sete meses, acredita que o Raiterson feriu seu marido para poder defender a criança”, detalhou.

O bebê foi levado para o hospital do município, onde recebeu os primeiros socorros, porém, foi transferido para Manaus, onde chegou na sexta-feira (9). A criança segue internada no Pronto Socorro da Criança o ‘Joãozinho’, na Zona Leste, com quadro clínico estável, se alimentando com leite materno e sendo acompanhada pela equipe de neurocirurgia e pediatria da unidade, segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde (Susam).

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir