Política

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da empreiteira Mendes Júnior

 

lava jato

Se aprovado, a empreiteira entra em processo de recuperação. Se não, a magistrada pode decretar sua falência – foto: reprodução

A Justiça de Minas Gerais aceitou o pedido de recuperação judicial da empreiteira Mendes Júnior, uma das investigadas na Operação Lava Jato.

A dívida informada pela empresa é de aproximadamente R$ 258 milhões, sendo R$ 230 milhões só com fornecedores. O valor ainda pode ser contestado e modificado durante o processo.

O pedido foi feito na segunda-feira (7) e aceito nesta quinta (10) pela juíza Patrícia Santos Firmo, da 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte. Após a autorização da magistrada, todas as ações civis de cobrança à Mendes Júnior ficam suspensas por 180 dias.

Agora, a companhia terá um prazo de 60 dias para apresentar o plano de recuperação à Justiça e, depois disso, os credores terão mais 180 dias para aprovar ou não o plano.

 

Por meio de nota, a empresa afirma que vem desde 2014 sofre o impacto da escassez de crédito e do baixo investimento provocados pela atual situação da economia brasileira.

“Embora tenha buscado incessantemente reverter a situação, a Mendes Júnior Trading e Engenharia S.A. viu na recuperação judicial a opção adequada para reequilibrar sua situação econômica e financeira de modo a preservar os interesses dos credores, clientes, fornecedores, colaboradores e demais parceiros pela preservação da operação da companhia e continuidade de seus contratos”, diz o comunicado.

A Mendes Júnior segue um caminho semelhante ao de outras empresas envolvidas na Lava Jato que já fizeram pedidos recuperação judicial, como a construtora OAS e a Alumini Engenharia, que também tinha fornecedores e instituições financeiras entre seus credores.

No final do ano passado, o juiz federal Sergio Moro condenou um dos herdeiros da Mendes Júnior, Sergio Cunha Mendes, a mais de 19 anos de prisão por assinaturas de contrato que seriam relacionados ao esquema de propinas na Petrobras.

 

Por Folhapress

1 Comment

1 Comment

  1. milton gomes

    16 de março de 2016 at 10:33

    qual o numero do processo da recuperação judicial, para Habilitação de crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir