Esportes

Judô masculino é 7º no Mundial por equipe; seleção feminina cai na estreia

O Brasil encerrou a participação no Mundial de judô em Astana, no Cazaquistão, sem nenhuma medalha por equipes. Na madrugada deste domingo (30), as seleções masculina e feminina foram eliminadas por Cazaquistão e Japão, respectivamente.


O desempenho masculino foi melhor, encerrando a disputa em sétimo lugar. A equipe estreou nas oitavas de final contra o Uzbequistão com vitória por 3 a 2. No confronto contra a Alemanha, porém, o time foi derrotado pelo mesmo placar.
Se passasse pelo Cazaquistão na repescagem, a equipe poderia disputar o bronze. Apoiado pela torcida, a seleção local derrotou os brasileiros por 4 a 1, encerrando o sonho de medalha do time.
A baixa do Brasil ficou por conta de Tiago Camilo, que sentiu o braço ainda na primeira luta e não disputou os outros confrontos.


FEMININO

A equipe feminina foi eliminada logo na primeira disputa, contra o Japão. Elas se despediram sem vencer nenhum confronto.
O próximo compromisso da seleção brasileira é o Grand Slam de Paris, de 16 a 18 de outubro.


DE OLHO EM 2016

O Brasil encerrou a participação em Astana com apenas duas medalhas – ambas de bronze, com Érika Miranda e Victor Penalber, nas disputas individuais. No sábado (29), o país ficou de fora das finais.
A meta estabelecida pela Conderação Brasileira de Judô era de ao menos cinco pódios, um a mais do que o mundial de 2014, em Cheliabinsk, na Rússia.
Na Olimpíada do Rio-2016, a modalidade é tida como potencial fonte de conquistas para o Brasil, cuja meta é de ter 27 a 30 medalhas e ficar entre as dez melhores nações no quadro geral dos Jogos.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir