Dia a dia

Jovem é morta a tiros na frente de sobrinho, quando chegavam a arraial em Petrópolis

O crime aconteceu por volta das 20h, no Beco do Paysandu – foto: divulgação

O crime aconteceu por volta das 20h, no Beco do Paysandu – foto: divulgação

Dois homens, em uma motocicleta de modelo e placa não identificadas, mataram com três tiros a estudante Miriane Souza de Araújo, 22, no momento em que ela levava o sobrinho a um arraial, na noite desta sexta-feira (5). Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 20h, no Beco do Paysandu, bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus.

A dupla se aproximou e sem falar nada efetuou quatro disparos em direção a estudante, porém, apenas três disparos atingiram a vítima, que morreu na hora. De acordo com a polícia os tiros acertam o rosto e o braço de Miriane. A dupla conseguiu fugir sem ser reconhecida.

Conforme a polícia, em depoimento, a mãe da vítima, Ana Maria de Sousa Braga, 61, afirmou que a estudante vinha sendo ameaçada de morte, por uma mulher que não teve o nome revelado, e que acreditava que Miriane tinha um caso com seu marido. No entanto, parentes da jovem afirmam que era mentira, mesmo assim, a mulher acreditou e prometeu lhe matar.

Segundo a polícia, as informações repassadas pela família da jovem serão investigadas, no entanto, outra hipótese para o caso também será apurada, já que em 2013, a sobrinha de Miriane, identificada por Anny Bianca, 6, foi morta na mesma casa onde a vítima morava.

Na época, a residência foi invadida por um homem e a criança foi assassinada a tiros. A motivação, segundo a polícia, teria sido um acerto de contas, pois o padrasto da criança tinha envolvimento com furtos no bairro.

O caso foi registrado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que já começou as investigações.

Por Michelle Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir