Dia a dia

Jovem é assassinado a tiros em via pública, no Alvorada

A vítima foi removida pelo Instituto Médico Legal (IML) - foto: Arthur Castro

A vítima foi removida pelo Instituto Médico Legal (IML) – foto: Arthur Castro

O desempregado Glemison Pinto da Silva, 20, foi morto a tiros, na noite dessa quarta-feira (20), por volta das 22h40. O crime aconteceu na rua 15 de Outubro, conjunto Ajuricaba, bairro Alvorada, Zona Oeste de Manaus.

Testemunhas relataram à polícia que a vítima estava em via pública, quando um carro, de placas e características não informadas, parou perto dele. Em seguida, dois homens não identificados descerem do automóvel e efetuaram vários tiros em direção ao jovem, que não resistiu e morreu no local.

A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas, uma vez que populares informaram que o rapaz era usuário de drogas.

O irmão da vítima, que não teve o nome revelado, confirmou à polícia que Glemison era usuário de droga e que estava devendo a quantia de R$ 700 para um traficante da área. A família acredita que o rapaz foi morto porque não pagou a dívida.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames de necropsia.

Inicialmente, o caso foi registrado no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), porém, até o momento a autoria do crime segue sem identificação.

Por equipe EM TEMPO Online

1 Comment

1 Comment

  1. thays pereira

    23 de janeiro de 2016 at 17:45

    Aí fala que ele devia traficantes.
    Mas não falam que ele traficava e recrutava jovens para vender entorpecentes pra ele.
    E outra esse cara aterrorizou até domingo.
    Onde tentou matar o Paulo em uma quadra de areia da 15 com3 tiros
    Monica” ou moniquete conhecido” no bairro.
    Até terça feira passada ele e a gangue dele tentaram matar um outro ex integrante do grupo dele conhecido como pite.
    Ele devia também agiotas e essa hipótese ninguém da família revelou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir