Dia a dia

José Melo inaugura centro de diagnóstico no Delphina Aziz

Um dos diferenciais do novo Centro de Diagnóstico está na facilidade de acesso ao resultado dos exames – Bruno Zanardo / Secom

A saúde do Amazonas ganhou um grande reforço com a inauguração do Centro de Diagnóstico do Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, realizada na manhã desta terça-feira (31), pelo governador José Melo. Com a nova estrutura, repleta de equipamentos de ponta destinados a exames de imagens na rede pública estadual, a meta é atender mais de 18 mil pessoas todos os meses na unidade. Com a nova oferta, o Estado pretende diminuir consideravelmente as filas de espera por esses serviços nas unidades.

A unidade de saúde, que recebeu investimentos de R$ 10 milhões em equipamentos, entra em operação já nesta quarta-feira, 1º de fevereiro, atendendo, exclusivamente, pacientes com exames especializados e marcados através Sistema de Regulação (Sisreg) do Amazonas, com cerca de 900 atendimentos programados.

“O Amazonas já é referência em muitas áreas e hoje nós inauguramos aqui o parque de imagens mais moderno do Norte e do Nordeste, talvez um dos três ou quatro mais modernos de todo o País. Nosso aparelho de Raio X é, com certeza, o mais moderno. Esse centro vai realizar mais de 200 mil exames importantíssimos para o diagnóstico. Essas imagens vão permitir que médicos e cirurgiões tenham informações muito mais precisas e detalhadas dos pacientes, o que garante mais segurança e comodidade”, afirmou o governador.

Acompanhado pelo vice-governador Henrique Oliveira, Melo conferiu de perto o funcionamento dos equipamentos do Centro. Entre as especialidades estão exames de Ultrassonografia, Raio X, Endoscopia, Digestiva, Mamografia, Tomografia, e Ressonância Magnética. O investimento para manter a operação total chaga a R$ 1,154 milhão e faz parte de um conjunto de ações do Governo do Amazonas para melhorar e ampliar os serviços de Saúde do Estado.

Um dos diferenciais do novo Centro de Diagnóstico está na facilidade de acesso ao resultado dos exames. Por meio de um sistema integrado online, cada paciente receberá o resultado por e-mail, além de notificações no telefone celular. A entrega manual continuará sendo feita para pacientes sem acesso a esse tipo de tecnologia.

De acordo com o governador, a meta é ter todo o hospital em funcionamento até o final do ano, aumentando, inclusive, a oferta de serviços como cirurgias eletivas gerais e ortopédicas. “Este hospital é o maior do Norte e Nordeste e, se Deus quiser, até o final do ano, vai estar 100% implantado. Até 1º de março nós vamos entrar aqui com cirurgia de hérnia e de vesícula. Daqui a 90 dias, queremos iniciar cirurgias neurológicas, enfim ampliar a oferta e desafogar a nossa rede, garantindo qualidade no serviço para a população”, completou.

Em pleno funcionamento, a meta é que o hospital conte com 340 leitos, sendo 40 de UTIs, dez deles infantis, um parque de exames e 11 centros cirúrgicos. O Governo do Amazonas ainda deverá preparar a unidade para procedimentos de neurocirurgia e transplantes de rim e fígado.

Melhoria na infraestrutura – Durante a visita, José Melo aproveitou para reforçar as reformas e melhorias que fará em diversas outras unidades de saúde da rede pública estadual. “Ainda este ano, nós vamos reformar o Adriano Jorge, repaginar também o 28 de Agosto e o João Lúcio, que são hospitais de grande porte e com demandas altas”, argumentou.

Segundo ele, até o final do ano, o Amazonas irá figurar entre os melhores do País no quesito Saúde Pública. “Nossa meta é terminar 2017 com o Amazonas entre os três melhores estados do País em relação a saúde”, finalizou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir