Sem categoria

José Melo anuncia mais R$ 5 milhões em auxílio às vítimas da cheia no Estado

No total, 24 municípios do Amazonas se encontram em situação de emergência e Boca do Acre está em estado de calamidade, decretada pela Defesa Civil do Estado - foto: divulgação

No total, 24 municípios do Amazonas se encontram em situação de emergência e Boca do Acre está em estado de calamidade, decretada pela Defesa Civil do Estado – foto: divulgação

O governador José Melo anunciou que o Governo do Estado vai destinar mais R$ 5 milhões em auxílio às famílias vítimas da cheia deste ano. O anúncio foi feito durante reunião com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, nesta segunda-feira (18 ), na sede do Governo, na Zona Oeste de Manaus. Ele e o ministro embarcaram no início desta tarde para o município de Anamã, no baixo Solimões, para verificar a situação da cidade, que teve decretada situação de emergência.

No total, 24 municípios do Amazonas se encontram em situação de emergência e Boca do Acre está em estado de calamidade, decretada pela Defesa Civil do Estado. Desde o início da enchente, o Governo do Amazonas já destinou R$ 30 milhões para minimizar os efeitos da subida dos rios no interior do Estado e atender as mais de 30 mil famílias atingidas pelo fenômeno.

Do volume de recursos destinados, segundo o governador, R$ 2 milhões foram repassados diretamente aos municípios mais atingidos.

José Melo destacou a importância do retorno do ministro ao Estado e auxílio prestado pelo Governo Federal, que já vem atuando em parceria com o Governo do Amazonas no envio de suprimentos para as cidades mais afetadas pela cheia.

“Quando estávamos com o problema nos altos rios, o ministro veio e nos ajudou com o envio de uma série de materiais, desde colchões a água mineral. O ministro retornou agora para ver como está a nossa realidade no baixo rio”, disse o governador.

Ao todo, o Governo Federal enviou a 11 municípios das calhas do Juruá e Purus 5.850 cestas básicas, 2.050 colchões, 1.450 kits de higiene e quatro mil garrafões de água mineral. Outras nove cidades do Alto Solimões também já estão recebendo auxílio federal. No início do mês de março, o ministro Gilberto Occhi visitou o município de Eirunepé, na calha do rio Juruá, onde pode ver de perto a situação das famílias naquela localidade

Occhi explicou que o objetivo da nova visita é levantar as principais demandas dos novos municípios afetados. “As nossas equipes hoje vão se reunir para que sejam levantadas as necessidades dessas famílias, para que o Governo Federal possa prestar apoio. Nós vamos enviar além dos kits de higiene, madeira, combustível e o que mais for necessário para a logística fazer chegar esse tipo de ajuda”, afirmou.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir