Dia a dia

Jornalista Paulo Ricardo de Oliveira morre em Sao Paulo após luta contra o câncer

Paulo Ricardo Oliveira passou por vários meios de comunicação de Manaus -foto: Acervo pessoal

Morreu na manhã desta sexta-feira (7), em São Paulo, na casa onde morava, o jornalista de Manaus, Paulo Ricardo Oliveira, aos 46 anos. Paulo lutava contra um câncer há cerca de seis meses, e fazia tratamento na cidade de Botucatu, interior de São Paulo, onde passou por três cirurgias.

Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Oliveira teve uma longa carreira jornalística em Manaus, passando por vários veículos de comunicação. Foi repórter no Diário do Amazonas, Jornal A Crítica e  produtor na Rede Amazônica e TV Câmara. Seu último trabalho na capital do Amazonas, ocorreu nas Eleições de 2014.

Para o jornalista Antônio Barros,  que atualmente é editor de esportes do Jornal AGORA, do Grupo Raman Neves de Comunicação,  Paulo fará falta no jornalismo esportivo. “Nós trabalhamos juntos por pelo menos um ano no caderno Craque, do jornal A Crítica. Paulo era uma pessoa sensacional, muito fácil de conviver, sempre com opiniões firmes. Foi uma pessoa que me ajudou muito”.

A jornalista Ed Blair disse que Paulo era um profissional muito competente. “Na sexta-feira ainda falei com ele. Disse que estava lidando com um gigante, mas que seria forte até o fim. Agradeceu as orações e ajuda dos jornalistas de Manaus. Animado, revelou que enviaria uma matéria que havia escrito para publicarmos, sobre uma entrevista que ele fez com o médium João Berbel, em Franca, interior de SP, onde teria passado por uma experiência espiritual.

Paulo estava morando em São Paulo, onde se mudou em 2014 para acompanhar a esposa. Na cidade, chegou a cursar Pós-graduação em Marketing Político, em que pretendia se especializar. O jornalista deixa a mulher, um casal de filhos e uma enteada.

O corpo de Paulo Oliveira será transladado para Manaus. O velório ocorrerá na Funerária São Francisco e o enterro no Cemitério Parque Tarumã, ainda em horário a ser divulgado.

Leia mais:

Fundador da Rede Amazônica, Phelippe Daou, morre aos 87 anos

Morre, aos 84 anos, o jornalista Milton Cordeiro, diretor da Rede Amazônica

Morre, aos 84 anos, o empresário Joaquim Margarido, um dos fundadores da Rede Amazônica

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir