Holofotes

Jennifer Lopez é criticada por clipe feminista

O clipe, que tinha tudo para agradar pelo discurso de igualdade de gênero, gerou controvérsia por ter recebido direção artística de Dr. Luke, acusado pela cantora Kesha de assédio moral e sexual - foto: reprodução/Youtube

O clipe, que tinha tudo para agradar pelo discurso de igualdade de gênero, gerou controvérsia por ter recebido direção artística de Dr. Luke, acusado pela cantora Kesha de assédio moral e sexual – foto: reprodução/Youtube

Jennifer Lopez lançou nesta sexta (6) o clipe de “Ain’t Your Mama” (não sou sua mãe), música principal de seu novo disco, que deve chegar às lojas ainda este ano.

Com pegada feminista, o vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=Pgmx7z49OEk) apresenta J. Lo interpretando vários papéis: uma dona de casa cujo figurino a coloca nos anos 1960, uma operária, uma secretária e uma executiva. Em comum, todas têm de lidar com situações machistas do cotidiano.

O clipe, que tinha tudo para agradar pelo discurso de igualdade de gênero, gerou controvérsia por ter recebido direção artística de Dr. Luke, acusado pela cantora Kesha de assédio moral e sexual.

“Jennifer Lopez sabia que tinha cometido um erro ao ter Dr. Luke produzindo seu vídeo, então ela usou feminismo para não ser criticada”, escreveu um internauta.

Meghan Trainor é coautora da canção. Ela defendeu Jennifer das acusações afirmando que a colega não sabia da direção de Dr. Luke.

A polêmica acabou fazendo com que poucos notassem um presentinho de Rihanna a J. Lo: as botas azuis [parte da coleção de Rihanna para a Manolo] com as quais esta aparece na parte final do vídeo.

“Adoro esta garota, ela é tão das garotas”, agradeceu Jennifer.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir