Holofotes

Ivete Sangalo leva tombo durante apresentação no Rock in Rio Las Vegas

Ivete Sangalo mostrou seu habitual entusiasmo ao abrir nesta sexta (15) a programação do palco principal do terceiro dos quatro dias do Rock in Rio Las Vegas. Às 17h30 locais (21h30 no Brasil), ela se apresentou para uma plateia tomada por brasileiros, vestindo camisetas amarelas da seleção de futebol e/ou carregando bandeiras do país.

Ivete caiu logo no início do show, numa mudança de nível do palco. Depois de emendar quatro números dançantes, brincou com o que aconteceu: “Levei um tombo, né? É pra pegar no tranco!”.

A cantora baiana arriscou longos discursos em inglês entre as músicas e pedia insistentemente que o público gritasse seu nome.

Vestindo um macacão com brilho prateado, bem justo e com um generoso decote, estava em um dia um tanto Jennifer Lopez. Cantou algumas músicas em inglês, entre elas “Master Blaster”, de Stevie Wonder, com bons resultados.

Quando perguntou quantas pessoas na plateia também estavam em seu show no Madison Square Garden, em Nova York, há cinco anos, dezenas de pessoas levantaram as mãos. “Todo mundo na milha, né? Viajando pelo mundo atrás de mim!”, disse a cantora.

Ivete encerrou o show de pouco mais de uma hora com “Poeira”, um de seus maiores hits. Foi ovacionada pela plateia de cerca de 4.000 pessoas. No mesmo momento, havia mais gente do que isso esperando o show da cantor teen Charli XCX no palco secundário.

Na semana passada o evento teve seus dois primeiros dias, com destaque para os grupos americanos No Doubt, na sexta (8), e Metallica, no sábado (9).
Os portões da Cidade do Rock na cidade do jogo abriram pontualmente às 15h. Quatro minutos depois, o primeiro maluco da tarde já descia pela tirolesa aos berros, cruzando por cima do público que tomava lugar à frente do palco principal.

A entrada foi tranquila. As pessoas formavam uma mistura de idades e sotaques, com predominância de brasileiros maduros. Aos poucos, aumentou bastante o número de meninas americanas com camisetas de Taylor Swift, atração principal da noite.

James Bay, inglês de 24 anos, fez o primeiro show do dia no palco secundário. Bonitinho, pálido e com longo cabelo liso, usava chapéu, talvez para realçar a porção folk bem forte em seu trabalho. Agradou, principalmente entre as garotas, e mostrou canções de seu único álbum, “Caos and The Calm”, lançado no início do ano.
Se conseguir escrever letras mais interessantes do que a lenga-lenga pós-adolescente que canta hoje, pode se tornar um trovador roqueiro.

No mesmo palco, a cantora sueca Tove Lo se apresentou e já na configuração de sua banda entregava a Intenção clara de fazer dançar. Tinha no palco um tecladista, no comando de programações, e dois bateristas.

Assediada pela plateia de ambos os sexos, exibiu um pop muito bem acabado. Músicas com toda a cara de hits radiofônicos (e muitas realmente são sucessos) e uma presença sexy, dançou, cantou e encantou o público, que nessa hora ocupava bastante a área destinada a esse palco.

O Rock in Rio Las Vegas termina neste sábado (16), tendo como atração maior o cantor Bruno Mars.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir