Dia a dia

Irmãos foram executados em disputa por pontos de venda de drogas em Manaus, diz delegado

Os suspeitos foram autuados por duplo homicídio e associação criminosa - foto: Ana Sena

Os suspeitos foram autuados por duplo homicídio e associação criminosa – foto: Ana Sena

Sete homens foram presos e dois adolescentes foram aprendidos, por suspeita de envolvimento no assassinato dos irmãos Edson da Silva Campinas, o ‘Carequinha’, e Egleson Silva Campinas, conhecido como ‘Dezenove’.

Os corpos foram encontrados enterrados em um ramal na rodovia AM-010, que liga Manaus aos municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara.

Foram detidos Danrley Arruda Bezerra, 19; o ajudante de pedreiro Michael Amorim da Silva, 32, conhecido como ‘Maikão’; Aldemir Gama da Silva, 27, o ‘DD’; o auxiliar de cozinha João Victor Pereira Batista, 18; o padeiro Gabriel de Souza Laborda, 19; Raimundo Claudecy Carvalho, 32; e o pedreiro Samuel da Conceição Pinheiro, 28. O grupo foi preso em uma casa no bairro Petrópolis, na Zona Sul da capital.

O delegado Ivo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), disse que o crime foi motivado por disputa por pontos de venda de drogas na Comunidade Ismael Aziz, na Zona Norte da cidade.   “O ‘DD’ e o Maikão eram os chefes do tráfico comunidade e estariam incomodados com a atuação dos irmãos, que também estavam comercializando entorpecente naquela aérea. Por esse motivo, eles ordenaram aos seus soldados que matasse os irmãos. No dia do crime, eles foram eles surpreendidos pelo bando e levados para o ramal onde foram agredidos e executados” disse M artins.

Os sete adultos foram autuados por duplo homicídio e associação criminosa. Já os adolescentes serão encaminhados à Delegacia Especializada em Apurações de Atos Infracionais (Deaai).

Por Mara Magalhães

Com informações de Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir