Esportes

Iranduba faz ajustes para estreia no Brasileirão 2016

Verdão está em fase final de preparação para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, que começa no dia 20 de janeiro – foto: divulgação

Verdão está em fase final de preparação para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, que começa no dia 20 de janeiro – foto: divulgação

Oitavo colocado no ranking da CBF, o Iranduba Esporte Clube treina para disputar pela quinta vez o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. O time está no Grupo 1 ao lado do Náutico-PE e dos paulistas Santos, Portuguesa e Ferroviária, atual campeão brasileiro e da Libertadores da América. A competição começa no dia 20 deste mês, com a final agendada para o dia 25 de maio.

O técnico do time amazonense, Olavo Dantas, acredita que a equipe está preparada e tem condições de avançar para a segunda fase da competição. Para isso, o time tem buscado se reforçar para encarar de frente as equipes do Sul e Sudeste do país.

“Desde o dia 9 (de dezembro) a equipe iniciou os trabalhos, priorizando principalmente a parte física. Dois reforços assinaram com o Iranduba. Uma das atletas é amazonense, a Sâmia Pryscila, já a outra é a catarinense Djeni Becker. Ambas são volantes e além de muito jovens têm um espírito de campeã muito forte. Com certeza vão nos ajudar muito”, destacou o treinador, informando que o elenco será apresentado no dia 12 de janeiro, às 16h, em local a ser definido.

Considerada uma das apostas do Hulk da Amazônia para o torneio, Djeni Becker, 20, disse estar muito ansiosa para entrar em campo, e que a intenção é somar e conquistar títulos pela equipe do Norte. “Estamos chegando para somar com as atletas do Iranduba e dar orgulho e vitórias ao torcedor, que assistirá um time muito qualificado e com muita garra”, disse a volante, que é conhecida como “DB8” e dentro de campo levantou a taça de campeã sul-americana sub-17 e sub-20 pela seleção brasileira e já foi convocada pela seleção principal.

Já a amazonense Sâmia Pryscila, 20, passou pelos principais clubes paulistas, como Corinthians, Palmeiras e São Paulo e se destacou jogando pelo Kindermann-SC. Agora, ela fala com orgulho sobre a volta para casa.

“É com muito orgulho que venho atuar na minha cidade, no meu Estado, neste momento em que o Iranduba quer estar entre os cinco melhores clubes do Brasil e disputar títulos. Tenho certeza que vamos disputar os principais títulos e crescer muito com as novas atletas e com as que são daqui do Amazonas”, declarou.

Ambos os reforços são atuais campeãs da Copa do Brasil pelo Kindermann e estavam no São José, vice-campeão brasileiro. Elas disputaram, juntas, a Libertadores de 2015.

Dantas ainda comentou que os reforços para esta temporada não significam que as atletas amazonenses ficarão de lado, e que a ideia é qualificar o grupo apenas.

“Se o Iranduba alcançou o cenário nacional como oitavo colocado no ranking, o pentacampeonato do Estado, classificação e copas do Brasil, foram com as meninas do Amazonas do interior. A gente só quer dar uma qualificada no grupo, de maneira nenhuma deixar de lado as meninas que impulsionaram o time, muito pelo contrário, as atletas daqui vão ter a possibilidade de estar convivendo com as atletas que têm uma experiência maior, uma bagagem maior e com certeza a tendência é crescer”, explicou.

Por Lindivan Vilaça

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir