Esportes

Iranduba empata fora de casa contra a Ferroviária

 Meninas não se intimidaram mesmo jogando contra as campeãs da Libertadores- foto: Marcio Melo


Meninas não se intimidaram mesmo jogando contra as campeãs da Libertadores- foto: Marcio Melo

Invicto no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o time do Iranduba conseguiu um empate importantíssimo fora de casa contra a Ferroviária de Araraquara, no estádio da Fonte Luminosa, no interior de São Paulo. Com o empate de 1 a 1, o representante amazonense segue com chances de passar para segunda fase da competição nacional.

O resultado estacionou o Hulk da Amazônia na segunda colocação da chave 1, com 5 pontos e tendo mais um jogo para fazer em casa no próximo dia 10 de fevereiro contra a Portuguesa no estádio da Colina. Já a Ferroviária permaneceu na terceira colocação com 4 pontos e mais dois jogos para fazer, um deles sendo contra o líder da chave o Santos que goleou o Tiradentes do Piauí por 4 a 0.

O jogo

As meninas do Iranduba não se intimidaram, mesmo jogando em território inimigo, e saíram na frente do placar logo aos cinco minutos da etapa inicial com Mari depois de testada da zagueira Karen e rebote para dentro da área da goleira Aline.

As donas da casa empataram o jogo com a bela cobrança de falta de Daiane depois de contar com a infelicidade de Karen que desviou a cabeça na bola e matou a goleira Maike. Depois da volta da parada técnica, a Ferroviária teve mais a posse de bola, avançava bastante com as suas laterais Daiane e Isabela, aproveitando sempre a habilidade da atacante Patrícia Sochor, mas a equipe da casa conseguia não chegar com perigo na área do time amazonense.

Já o Iranduba alternava bons e maus momentos na partida. No fim do primeiro tempo o técnico Olavo Dantas cobrava mais consistência da equipe. Segundo Dantas, O Iranduba estava oscilando bastante e tendo pouca proximidade no seu setor de meio campo. No segundo tempo, o Iranduba propôs mais o jogo. Em grande chance, Kellen não conseguiu passar pela goleira Aline depois de passe de Djeni. Em outra oportunidade, Samia acertou a trave depois roubar a bola e avançar fora da área.

O técnico Leonardo Mendes da Ferroviária ainda tentou mudar a equipe com as entradas de TuanI, Laura e Lilian. Mas o ponto conquistado acabou sendo de bom tamanho para as atuais campeãs da Libertadores.

Por Daniel Prestes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir