Esportes

Iranduba empata fora de casa contra a Ferroviária

 Meninas não se intimidaram mesmo jogando contra as campeãs da Libertadores- foto: Marcio Melo


Meninas não se intimidaram mesmo jogando contra as campeãs da Libertadores- foto: Marcio Melo

Invicto no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o time do Iranduba conseguiu um empate importantíssimo fora de casa contra a Ferroviária de Araraquara, no estádio da Fonte Luminosa, no interior de São Paulo. Com o empate de 1 a 1, o representante amazonense segue com chances de passar para segunda fase da competição nacional.

O resultado estacionou o Hulk da Amazônia na segunda colocação da chave 1, com 5 pontos e tendo mais um jogo para fazer em casa no próximo dia 10 de fevereiro contra a Portuguesa no estádio da Colina. Já a Ferroviária permaneceu na terceira colocação com 4 pontos e mais dois jogos para fazer, um deles sendo contra o líder da chave o Santos que goleou o Tiradentes do Piauí por 4 a 0.

O jogo

As meninas do Iranduba não se intimidaram, mesmo jogando em território inimigo, e saíram na frente do placar logo aos cinco minutos da etapa inicial com Mari depois de testada da zagueira Karen e rebote para dentro da área da goleira Aline.

As donas da casa empataram o jogo com a bela cobrança de falta de Daiane depois de contar com a infelicidade de Karen que desviou a cabeça na bola e matou a goleira Maike. Depois da volta da parada técnica, a Ferroviária teve mais a posse de bola, avançava bastante com as suas laterais Daiane e Isabela, aproveitando sempre a habilidade da atacante Patrícia Sochor, mas a equipe da casa conseguia não chegar com perigo na área do time amazonense.

Já o Iranduba alternava bons e maus momentos na partida. No fim do primeiro tempo o técnico Olavo Dantas cobrava mais consistência da equipe. Segundo Dantas, O Iranduba estava oscilando bastante e tendo pouca proximidade no seu setor de meio campo. No segundo tempo, o Iranduba propôs mais o jogo. Em grande chance, Kellen não conseguiu passar pela goleira Aline depois de passe de Djeni. Em outra oportunidade, Samia acertou a trave depois roubar a bola e avançar fora da área.

O técnico Leonardo Mendes da Ferroviária ainda tentou mudar a equipe com as entradas de TuanI, Laura e Lilian. Mas o ponto conquistado acabou sendo de bom tamanho para as atuais campeãs da Libertadores.

Por Daniel Prestes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir