Economia

IPTU 2015 ainda tem inadimplência de mais de 60% em Manaus

A um dia para vencimento da quinta parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), exercício 2015, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), ainda contabiliza um índice de inadimplência acima de 60% do tributo. Dos R$ 322,5 milhões lançados no início do ano, até o último dia 10, a prefeitura recolheu apenas R$ 120,5 milhões. São mais de R$ 202 milhões a recolher.

Ainda de acordo com o balanço parcial da Semef, aproximadamente 137 mil contribuintes optaram pelo pagamento da cota única, que venceu no dia 16 de março e foi prorrogada até o dia 27 do mesmo mês. Do montante, R$ 87,2 milhões foram arrecadados com a parcela única.

O subsecretario de Receita da Semef, Francisco Moreira, disse que o Departamento de Tributos Imobiliários (Detim) da secretaria executa um trabalho diário para diminuir o índice de inadimplência do IPTU. “Este ano estamos de frente para uma crise que reflete em nossa arrecadação municipal, mesmo assim, estamos trabalhando pesado para derrubar esse índice para abaixo de 50%”, pontuou o subsecretário.

De acordo com Moreira, em 2014, a receita do IPTU fechou em R$ 126 milhões. O lançamento do exercício passado foi de R$ 266,6 milhões. O índice de inadimplência foi de 52,3%. Vale ressaltar que, a cada ano débitos de exercícios anteriores são encaminhados para cobrança da Dívida Ativa do município.

Sexta parcela

A quinta parcela do IPTU vence nesta quarta-feira, dia 10. Caso o contribuinte não tenha em mãos a notificação enviada via Correios, a segunda via da guia de pagamento do imposto pode ser emitida diretamente no portal ‘Semef Atende’ (http://semefatende.manaus.am.gov.br).

As guias podem ser pagas nos bancos autorizados: Bradesco, Bando do Brasil, Caixa, Itaú, Santander, Correios e Loterias. Mais informações no atendimento do Semef Atende, localizado na Rua Japurá, 493, Praça 14, ou nas bases da Semef em qualquer Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC). O call Center, no número 156, também oferece informações.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir