Dia a dia

Ipaam aplica R$ 1,1 milhão em multas no Sul do Amazonas por queimadas e desmatamento

Fiscalização esteve em dez municípios do Amazonas - foto: divulgação

Fiscalização esteve em dez municípios do Amazonas – foto: divulgação

A operação Jumapari – Ipaam, realizada entre os dias 8 e 19 de agosto, nos munícios de Apuí, Humaitá, Novo Aripuanã, Manicoré, Careiro, Borba, Tapauá, Canutama, Lábrea e Boca do Acre, resultou em multas que somam mais de R$ 1 milhão por danos ao meio ambiente, a partir de queimadas e desmatamento ilegal. A fiscalização é praticada pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), junto ao Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Militar do Amazonas.

A fiscalização ambiental focou localidades com grande concentração de crimes ambientais no Estado. No Sul e Sudeste do Amazonas, tendo como alvo fazendas e madeireiras em atuação nas áreas de abrangência das rodovias BR-319, BR-230 (Transamazônica), AM-174 e ramais adjacentes.

Madeira é apreendida por homens da Polícia Militar do AM - foto: divulgação

Madeira é apreendida por homens da Polícia Militar do AM – foto: divulgação

A operação concluiu com a adoção dos seguintes procedimentos administrativos: lavratura de nove autos de infração, referentes a desmatamentos e queima de resíduos de serraria a céu aberto sem autorização do órgão, totalizando o valor de R$ 1,174 milhão em multas; e na lavratura de seis termos de embargo/interdição, relacionados áreas desmatadas sem autorização do órgão ambiental competente.

A equipe de 11 integrantes foi constituída por analistas ambientais e técnicos da Gerência de Fiscalização Ambiental do Ipaam, bombeiros militares lotados no Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente e por policiais militares lotados no Batalhão de Policiamento Ambiental e na Ronda Ostensivas Cândido Mariano.

Com informações de assessoria

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top
error: Content is protected !!