Sem categoria

Delegado aposentado morre após acidente na BR-174

A vítima seguia para um sítio, de sua propriedade, quando o veículo – de modelo S10, cor prata, placa NOZ-4575 – capotou - foto: Josemar Antunes

A vítima seguia para um sítio, de sua propriedade, quando o veículo – de modelo S10, cor prata, placa NOZ-4575 – capotou – fotos: Josemar Antunes

O delegado aposentado da Polícia Civil Bernardo de Amorim Oliveira Júnior, 55, morreu após a picape, conduzida por ele, capotar nesta quinta-feira (25). O acidente ocorreu por volta das 11h, no quilômetro 941 (antigo quilômetro 57), na rodovia BR-174, que liga Manaus a Boa Vista.

Segundo informações do agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Márcio Corrêa, a equipe realizava patrulhamento, quando foi informada, por outros condutores, sobre o acidente.

“Chegamos ao local e constatamos que o condutor do veículo já estava morto e preso nas ferragens. Em seguida, acionamos a perícia”, explicou.

Ainda de acordo com o policial rodoviário, a companheira do delegado, Maria Regina Correia Guimarães, 55,  foi socorrida e levada para um hospital de Manaus por outro condutor que passava pela rodovia.

Conforme o cunhado da vítima, Carlos Guimarães, 46, os dois ocupantes do veículo modelo S10, cor prata, placa NOZ-4575, tinham como destino um sítio no quilômetro 951, no ramal do Branquinho, de propriedade de Bernardo.

Segundo a irmã de Bernardo, Francinete de Oliveira, 47, a cunhada foi hospitalizada com escoriações pelo corpo no Hospital e Pronto Socorro (HPS) Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na Zona Norte da capital amazonense.

Resgate

Os trabalhos para o resgate do corpo da vítima, presa às ferragens do veículo, foi realizado em aproximadamente 20 minutos, após os trabalhos de perícia criminal no local do acidente.

ACIDENTE_FOTO_JOSEMAR ANTUNJES_BR-174

O Corpo de Bombeiros realizou o resgate da vítima presa nas ferragens

A equipe do Corpo de Bombeiros, composta por cinco soldados, retirou a vítima por meio de um desencarcerador – equipamento utilizado para cortar a estrutura metálica do veículo.

Segundo o perito Herivelton Lima, a vítima utilizava o cinto de segurança. Com o acidente, Bernardo teve perda de massa cefálica devido a picape capotar várias vezes na rodovia.

Conforme o perito, a probabilidade é que o acidente tenha ocorrido devido o estouro do pneu esquerdo – traseiro –  que fez com que a picape perdesse a estabilidade.

“Verificamos que os quatro pneus estão fora do padrão. O pneu que estourou era recapeado, mas é cedo apontar o que provocou o acidente”, adiantou.

O corpo da vítima foi removido pelo Instituto Médico (IML). Segundo o investigador da Polícia Civil, identificado como Alves, o acidente foi registrado no 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), em Manaus.

O investigador informou também que laudo da perícia técnica ficará pronto em até 30 dias e  poderá ser encaminhado ao 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo.

Por Josemar Antunes (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir