Dia a dia

Invasores são retirados de terreno na Zona Norte pela quarta vez

Grupo invadiu uma área de preservação no bairro João Paulo- foto: divulgação/Semcom

Grupo invadiu uma área de preservação no bairro João Paulo- foto: divulgação/Semcom

Uma ação conjunta realizada por órgãos municipais e estaduais resultou na retirada, na manhã desta sexta-feira, 8, de 40 armações e barracos de madeira, construídos irregularmente em trechos de Área de Preservação Permanente (APP) do conjunto Cidadão V, no bairro João Paulo, Zona Norte de Manaus.

A ação de retirada foi a quarta realizada no local desde que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) recebeu a primeira denúncia relativa à ocupação no começo de 2015. Uma ponte construída sobre o igarapé que corta a área, afluente do igarapé do Passarinho, foi destruída com o apoio de uma retroescavadeira. A construção da ponte vinha causando o assoreamento e a obstrução do curso d’água.

De acordo com a Diretoria de Fiscalização da Semmas, o trecho vem sendo alvo de desocupações desde o início do ano passado e exigiu do órgão um trabalho contínuo de monitoramento e sucessivas ações de retirada. Desta vez, os fiscais detectaram que os invasores avançaram sobre a área fazendo a abertura de vielas e a construção de uma ponte de acesso para o local. A ação foi pacífica e não houve resistência por parte dos invasores.

A ação contou com a participação das secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Infraestrutura (Seminf), Limpeza Urbana (Semulsp), Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Batalhão Ambiental da Polícia Militar e 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir