Dia a dia

Internos das unidades prisionais do Amazonas iniciam inscrições para o Enem

Os internos interessados e aptos a participarem do Enem recebem todo o suporte da Seap - foto: Divulgação

Os internos interessados e aptos a participarem do Enem recebem todo o suporte da Seap – foto: Divulgação

Os internos das unidades prisionais do Amazonas podem, a partir desta segunda-feira (3), realizar a inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A ação é organizada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e segue até o dia 21 deste mês. A expectativa é que o número de inscritos em 2016 supere o ano anterior.

Os internos interessados e aptos a participarem do Enem recebem todo o suporte da Seap, através da Escola de Administração Penitenciária (Esap), que participa desde o processo de inscrições até o acompanhamento, em caso de aprovação do interno no ensino superior ou da certificação de conclusão do ensino médio. As provas serão aplicadas nas próprias unidades, nos dias 6 e 7 de dezembro.

Para o secretário da Seap, Pedro Florencio, o Enem é uma porta de esperança para aqueles que realmente querem outro rumo de vida. “A educação tem esse poder de mudar a vida das pessoas, e o Enem é uma ferramenta aliada ao processo de reintegração social. Dependendo do desempenho na prova, o interno terá a oportunidade de ingressar em uma universidade, ter uma formação acadêmica e isso abre portas para a vida lá fora. Vejo isso como principal papel do estado na busca de resgatar a dignidade e cidadania dos presos custodiados no Amazonas”, afirmou o secretário.

Um grupo de 50 internos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) regime fechado, participam do ‘Projeto Bambu’, onde recebem aulas diariamente com os conteúdos dos dois dias de prova, nas áreas de Ciências Humanas, Exatas, Tecnológicas, Biológicas e Redação. O projeto teve início em 2015 e tem o objetivo de preparar os candidatos para a prova e pretende se expandir para todas as unidades prisionais da capital.

Ano passado, foram inscritos para o Enem 574 internos das unidades prisionais do Amazonas, sendo 446 encarcerados da capital e 128 do interior. Em 2016 além das unidades prisionais da capital, as unidades prisionais de Coari, Humaitá, Itacoatiara, Parintins, Maués, Tabatinga e Tefé terão internos participando do exame.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir