Dia a dia

Instituto avaliará impactos ambientais de vazamento de óleo em Nova Olinda do Norte

O incidente ocorreu durante um temporal registrado na segunda-feira (7) – Divulgação

Uma equipe do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) esteve, nesta sexta-feira (11), em Nova Olinda do Norte, município a 126 quilômetros de Manaus, para verificar as consequências do vazamento de óleo diesel de uma usina da Eletrobras Distribuição Amazonas.

O incidente ocorreu durante um temporal registrado na segunda-feira (7). Por causa do vento forte, uma escada metálica caiu sobre a válvula de um dos tanques de armazenagem causando o derramamento do combustível. Segundo o Ipaam, parte do diesel escorreu para uma área alagada rodeada por árvores. O local foi isolado pelas autoridades do município.

Leia também: Vazamento de óleo no Rio Teles Pires afeta comunidades indígenas

Em nota, o instituto disse que vai aguardar o relatório da empresa, que declarou ter adotado providências. O documento será juntado ao levantamento dos técnicos para que sejam tomadas as medidas cabíveis para o caso.

Também em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que 12 mil litros de óleo vazaram para a parte externa da usina e o material foi retirado. Uma empresa especializada em ações de remediação ambiental está no local fazendo a recuperação das áreas degradadas, com previsão de conclusão dos serviços neste sábado (12). Um engenheiro e um gestor ambiental da Distribuidora também estão em Nova Olinda do Norte acompanhando o trabalho.

Bianca Paiva
Agência Brasil

Defesa Civil acompanha impacto de vazamento de óleo na bacia amazônica

Amazônia peruana entra em estado de emergência por vazamentos de petróleo

Derramamento de óleo causa acidentes de trânsito na Cidade Nova

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir