Dia a dia

Inquérito vai investigar acidente com sul-coreano no Encontro das Águas

Na capacitação, serão apresentados fundamentos do turismo e hospitalidade - Foto: Robervaldo Rocha/CMM

O acidente ocorreu durante um passeio no último domingo – foto: arquivo AET

A Marinha do Brasil comunicou nesta segunda-feira (18) que foi instaurado um inquérito administrativo para investigar as causas do incidente com o sul-coreano Jinhyun Yoo, 18, em um passeio próximo ao Encontro das Águas, nos rios Negro e Solimões, no último domingo (17).

Conforme relatos, a vítima teria sido sugada pelas hélices do motor da lancha expresso Maísa, sofrendo graves lesões nas pernas. O jovem foi internado no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona leste de Manaus, mas a família não permitiu que fossem divulgadas quaisquer informações sobre o atual estado de saúde do paciente.

De acordo com a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), o Hospital ficou impedido de passar informações para a imprensa e quem cuida do paciente são pessoas ligadas ao turista, mas também não foi informada a nacionalidade dessas pessoas.

Segundo a Marinha, o sul-coreano chegou à área em uma embarcação juntamente com outras quatro pessoas para fazer um mergulho no rio, quando o condutor da lancha não percebeu a proximidade dos turistas e deu partida no motor.

A Capitania dos Portos do Amazônia Ocidental ainda não identificou nem o condutor, nem o proprietário da embarcação que seria responsável pelo acidente.

Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), ainda no domingo, por uma pessoa identificada apenas como ‘Paulo’, mas o caso deverá ser transferido 29° DIP, a parir de quando serão iniciados os procedimentos cabíveis para a investigação.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir