Dia a dia

Iniciado o Censo Previdenciário em Manaus

Aproximadamente 30 servidores aptos a participar do Censo atenderam à convocação da Prefeitura e iniciaram o processo - foto: divulgação

Aproximadamente 30 servidores aptos a participar do Censo atenderam à convocação da Prefeitura e iniciaram o processo – foto: divulgação

A Prefeitura de Manaus deu início nesta terça-feira (16) ao Censo Previdenciário do município. Para testar equipamentos e o treinamento dos recenseadores, os trabalhos começaram com os próprios servidores da Manaus Previdência, autarquia responsável pela condução do processo.

Aproximadamente 30 servidores aptos a participar do Censo atenderam à convocação da Prefeitura e iniciaram o processo, incluindo o próprio diretor-presidente da previdência municipal, Marcelo Magaldi, servidor concursado.

“O censo é muito importante para a Prefeitura, pois além de contribuir para a diminuição do custo previdenciário anual para o tesouro municipal, atende à exigência do Ministério da Previdência Social de que os todos os Regimes Próprios de Previdência tenham equilíbrio atuarial”, destacou Magaldi.

Conforme Magaldi, somente a partir de uma base de dados atualizada dos servidores que vão se aposentar pelo município ou que já recebem aposentadoria ou pensão é que se pode projetar as receitas e despesas para o pagamento dos benefícios, de acordo com a expectativa de vida dos segurados.

O Censo Previdenciário visa atualizar os dados cadastrais de servidores públicos efetivos ativos e inativos, pensionistas, e seus respectivos dependentes. O período de recenseamento vai até 17 de junho. O público-alvo deverá agendar o atendimento, até o dia 16 de junho, nos sites da Prefeitura de Manaus (http://www.manaus.am.gov.br/) e da Manaus Previdência (manausprevidencia.manaus.am.gov.br).

Os sites também disponibilizam cartilhas com todas as informações sobre o trabalho. Em caso de dúvida, o servidor dispões do call center da previdência – (92) 3186-8000 –, de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h.
O recenseamento piloto foi avaliado pelo representante da Agenda Assessoria, Ronaldo Borges, gerente de Projetos da empresa. Segundo ele, se não houver falta de nenhum documento, o recenseamento demora em torno de 25 minutos. “Primeiro é feito uma triagem para a checagem dos documentos. Em seguida, o recenseado passa para a coleta (biometria e foto); depois, digitação dos dados, seguindo para a digitalização dos documentos, onde o processo é finalizado”.

Recenseados
Entre os servidores que participaram do censo nesta terça, o primeiro que concluiu o processo foi André Luiz Gouvêa, 23, Analista Previdenciário. “É algo muito positivo e acredito que serve até de exemplo para outros regimes próprios no Brasil. Agora, é esperar que os servidores, aposentados e pensionistas atendam à convocação da Prefeitura”.

Outra servidora que participou do procedimento foi Andresa Nogueira, 30, Analista Previdenciária, que considerou essencial a atualização cadastral dos segurados para a saúde financeira da prirevidência municipal. “Acho importante o censo porque vai ajudar bastante a instituição, a Prefeitura, a fim de garantir o equilíbrio atuarial do órgão”.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir