Esportes

Ingressos para amistosos da Seleção começam a ser vendidos na sexta-feira

Revelação, Gabriel Jesus estará em campo na Arena da Amazônia - foto: divulgação

Revelação, Gabriel Jesus estará em campo na Arena da Amazônia – foto: divulgação

A partir da próxima sexta-feira (2), começa a venda de ingressos para os jogos da seleção olímpica na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. Os bilhetes para os duelos contra a República Dominicana e Haiti serão comercializados com os valores de R$ 40 e R$ 20 (meia) para o anel superior, e R$ 60 e R$ 30 (meia) para o anel inferior, e poderão ser adquiridos na Arena Amadeu Teixeira, nas lojas da Ótica Avenida, localizadas nos shoppings Manauara, Sumaúma e Amazonas. Há ainda a opção de compra on-line pelo site www.guicheweb.com.br.

“Quem for assistir aos dois jogos poderá optar pela compra do pacote a 100 reais a inteira, ou 50 reais a meia, com direito a ver os jogos no anel inferior”, informou o diretor-presidente da Fundação Vila Olímpica (FVO), Aly Almeida, após reunião que definiu os valores dos bilhetes para os confrontos.

A vinda da seleção brasileira a Manaus foi confirmada na segunda-feira (28) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), durante coletiva de imprensa na qual também divulgou a lista dos 22 jogadores convocados para os dois amistosos. O time canarinho tem chegada prevista para a próxima segunda-feira (5) e vai treinar nos dois dias seguintes no estádio Ismael Benigno, a Colina, no bairro de São Raimundo, Zona Oeste.

O reconhecimento do gramado da Arena da Amazônia Vivaldo Lima ocorre na quinta-feira (8), provavelmente no mesmo horário do jogo contra a República Dominicana: às 20h (de Manaus). Os adversários também chegam no início da semana que vem, mas treinarão no estádio Carlos Zamith, no Coroado, Zona Leste da capital amazonense.

Aly Almeida aproveitou a reunião com os representantes da CBF para solicitar que Manaus receba um jogo das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, no ano que vem. O diretor-presidente da FVO declarou preferência pela Bolívia. “É do interesse do governador que façamos essa solicitação. Acho que é mais atraente para a CBF que a Bolívia jogue em Manaus do que em São Paulo, por exemplo”, observou.

Por André Tobias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir