País

Infraero criará balcões de check-in compartilhados em nove aeroportos

A intenção é melhorar a eficiência dos aeroportos - foto: reprodução

A intenção é melhorar a eficiência dos aeroportos – foto: reprodução

A Infraero criará balcões de check-in compartilhados em nove aeroportos brasileiros a partir, provavelmente, do ano que vem.

O sistema de check-in compartilhado, usado em aeroportos de todo o mundo, permite que os balcões de check-in não serão mais exclusivos de determinada empresa -quando ociosos, poderão ser usados por outra companhia para atender passageiros.

A intenção é melhorar a eficiência dos aeroportos, criando, a depender da demanda, possibilidade de expansão ou redução de posições de check-in de cada companhia aérea.

Segundo a estatal, receberão o sistema os aeroportos de Congonhas, Santos Dumont, Goiânia, Curitiba, Cuiabá, Manaus, Recife, Belém e Maceió. Para tal, a Infraero fará licitação para contratar empresa para implantar sistema de informática que permita compartilhar o check-in. O edital será publicado até o final do ano, diz a estatal.

A Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas), que reúne TAM, Gol, Azul e Avianca, diz que fará reunião nesta semana para discutir o tema. “O entendimento inicial é o de que a avaliação da implantação de tal sistema deve ser minuciosa e individualizada para cada aeródromo, envolvendo todos os interessados”, diz a entidade, em nota.

Ao falar da situação geral da aviação, a Abear diz não ver “favoravelmente qualquer iniciativa que possa resultar em adicional aumento de custos ou que implique compulsoriamente em despesas não planejadas no momento em que as companhias buscam saídas para lidar com o preocupante cenário de retração econômica”.

O objetivo é buscar novas receitas. Desde que perdeu para a iniciativa privada os seus principais aeroportos (Guarulhos, Brasília, Campinas, Galeão e Confins), a Infraero perdeu 58% receitas e viu os custos recuarem apenas 17%. A partir do ano que vem, os aeroportos de Fortaleza, Florianópolis, Porto Alegre e Salvador serão concedidos.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir