Economia

Indústria: produção, faturamento e emprego recuam no 1º trimestre

Segundo o relatório trimestral da CNI, queda será puxada pela construção civil (-5,5%) e pela indústria de transformação (-4,4%) – foto: arquivo EM TEMPO

De acordo com o estudo da CNI, as horas trabalhadas na produção recuaram 1,1% e o emprego caiu 0,4% nos três primeiros meses de 2015 ante o último trimestre de 2014 – foto: arquivo EM TEMPO

A indústria da transformação apresenta queda do nível de atividade, no emprego e no faturamento em 2015, segundo pesquisa divulgada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) nesta terça-feira (5).

De acordo com o estudo, as horas trabalhadas na produção recuaram 1,1% e o emprego caiu 0,4% nos três primeiros meses de 2015 ante o último trimestre de 2014. Em relação ao primeiro trimestre do ano passado, a queda é ainda maior: 8,5% nas horas trabalhadas e 3,9% nos postos de trabalho na indústria.

O faturamento real no setor recuou 3,6% frente ao último trimestre de 2014 e 6% ante o primeiro trimestre do ano passado. “Dada a dificuldade de reverter o cenário adverso no curto prazo, é provável que o rendimento médio dos trabalhadores da indústria continue caindo ao longo de 2015”, diz nota da CNI divulgada à imprensa.

Em março, as horas trabalhadas na indústria recuaram 1,9% frente a fevereiro e o emprego caiu 0,8% no período, segundo dados com ajustes sazonais.

A utilização da capacidade instalada, por sua vez, apresentou alta de 0,7 ponto percentual frente a fevereiro. Já o faturamento também teve alta na passagem de fevereiro para março, de 0,5%.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir