Dia a dia

Indígenas pedem posse de terra em área de preservação ambiental

A manifestação durou apenas 20 minutos e a polícia foi acionada por moradores da área – Divulgação

No final da manhã do domingo (19), por volta das 11h, cerca de 30 manifestantes indígenas da Comunidade Buriti se reuniram e interditaram a avenida Curaçao, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus, para reivindicar os direitos de posse da terra que ocupam. O espaço é considerado uma área de preservação.
Segundo o Tenente R. Otero, da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atendeu ao chamado de pessoas que moram perto do local da manifestação, os índios estavam com armas brancas e o protesto não durou mais que 20 minutos.

“Eles invadiram uma área de preservação, desmataram e queriam chamar a atenção para reivindicar o espaço, pediam saneamento e mais infraestrutura para o local” comentou o tenente.

Agentes da Polícia Federal e representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Manaus, estiveram presentes.
Mesmo ciente dessa ocupação irregular numa área de preservação ambiental, o Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Amazonas (GGI – SSP/AM) ainda não tem nenhum planejamento para a retirada dos invasores do local.

Segundo o órgão, apenas uma reintegração de posse está prevista para ser deflagrada nos próximos dias em outra localidade.
O espaço, próximo a um cemitério indígena, já foi alvo de uma ação de retirada no dia 9 de setembro do ano passado, quando o Grupo Integrado de Prevenção às Invasões em Áreas Públicas do Estado do Amazonas (Gipiap) cumpriu o mandado
de reintegração.

Laize Minelli
EM TEMPO

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Indígenas pedem posse de terra em área de preservação ambiental | FNEEI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir