Dia a dia

Indígena é preso por estuprar e matar idosa de 70 anos

O indígena contou que estava embriagado quando cometeu o crime – Divulgação

O indígena Idenilson de Oliveira da Silva, 29, foi preso na comunidade indígena Santo Antônio do Pardo, nas proximidades do município de Maués (a 276 de KM de Manaus). O homem é suspeito ter estuprado e assassinado uma mulher de 70 anos de idade e depois ter jogado o corpo no rio.

De acordo com o aspirante Orlando, comandante da 10ª Companhia Independente de Polícia (10ª CIPM), os próprios indígenas, da etnia Sateré-Mawé, descobriram o crime e denunciaram Idenilson. Ele ainda tentou fugir, mais foi capturado pelos policiais e detido.

Ao ser questionado pelo crime, o indígena contou que estava embriagado quando cometeu o crime por isso tentou jogar o corpo no rio.

Ainda conforme informações da Polícia Militar (PM), o indígena assassinou a mulher com requintes de crueldade, ao acertar vários golpes na cabeça dela, com um pedado de madeira.

Idenilson foi conduzido ao 48º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde está à disposição da justiça.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir