Mundo

Incêndio em templo indiano deixa pelo menos 102 mortos e 280 feridos

O incêndio ocorrido hoje (10) em um templo indiano, provocado por fogos de artifício, deixou pelo menos 102 mortos e 280 feridos, segundo balanço oficial.

Milhares de indianos juntaram-se na madrugada em um templo hindu de Puttingal Deva, na província de Kerala, no Sul da Índia, para celebrar o festival Vishu, quando o local de lançamento de fogos foi alvo de explosão.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, considerou a tragédia um “choque muito maior do que as palavras”.
Moradores da área contaram ter ouvido uma grande explosão que estilhaçou as janelas das casas, a cerca de 100 metros de distância. Eles saíram depois à procura de sobreviventes entre os escombros.

“Esta manhã, quando chegamos, havia corpos e partes de corpos por todo lado. Nos telhados consegui ver mãos e braços”, disse Anita Prakash, uma moradora, à cadeia de televisão CNN-IBN, acrescentando que já tinha manifestado preocupação com espetáculos anteriores de fogos de artifício.

Uma equipe de médicos e paramédicos seguiu de Nova Deli para ajudar nas operações de assistência. A Marinha e a Força Aérea indianas enviam médicos e meios de transporte, sobretudo helicópteros, para transportar os feridos às unidades hospitalares de outras regiões.

“Há a confirmação da morte de 102 pessoas e de 280 feridos que estão distribuídos por vários hospitais. Agora, o nosso foco é dar o melhor tratamento e apoio aos feridos”, disse o governador de Kerala, Oommen Chandy.
Os bombeiros e a polícia combateram as chamas durante toda a madrugada e a manhã e tentaram resgatar pessoas no meio do incêndio.

Em imagens de vídeo amadores é possível ver e ouvir uma série de fortes explosões. Moradores foram fotografados levando nos braços pessoas feridas. Outros relatam que há corpos queimados irreconhecíveis.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir