Sem categoria

Incêndio em lixeira causa explosões e assusta moradores em Parintins

Uma fumaça negra, intensa, tomou conta de grande parte da cidade causando transtornos aos moradores - foto: J. Lima

Uma fumaça negra, intensa, tomou conta de grande parte da cidade causando transtornos aos moradores – foto: J. Lima

Um incêndio na lixeira pública de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) assustou os moradores na noite desse domingo. O depósito de lixo fica próximo ao bairro Dejard Vieira, na zona leste da cidade, atrás do campus da Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

O fogo começou por volta das 18h e as chamas chegaram a mais de dois metros de altura, segundo o Corpo de Bombeiros. Houve várias explosões devido ao gás metano proveniente do lixo.

Uma fumaça negra, intensa, tomou conta de grande parte da cidade causando transtornos aos moradores que, com problemas respiratórios, lotaram o hospital do município. “Abandonamos nossa casa com medo de morrer”, disse Alice Santos Pereira, moradora do bairro Pascoal Allágio.

Os bairros mais atingidos foram Dejard Vieira e Pascoal Allágio. Os bombeiros trabalharam até a madrugada desta segunda-feira para controlar o incêndio. Havia o risco de atingir as instalações da UEA.

O diretor do Campus, David Xavier, disse que a situação era grave. “É preciso alguma ação urgente e concreta para que não tenhamos uma tragédia em Parintins em razão do gás metano da lixeira, pequenas explosões aconteceram, o que nos deixOU apreensivos”, afirmou.

O secretário de Limpeza Pública de Parintins, Suame Patrocínio, informou ao Portal EM TEMPO que os moradores do Dejard Vieira entregaram um vídeo e fotos de dois homens que supostamente teriam ateado fogo na lixeira. “Vamos passar essas informações ao delegado Bruno Fraga para que a polícia identifique quem são essas pessoas e por que agiram assim”, afirmou.

Essas pessoas, segundo o secretário, teriam tocado fogo em três pontos da lixeira.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir