Sem categoria

Incêndio de grandes proporções destrói casa e lanche na Praça 14

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo teria iniciado na fiação elétrica da casa - foto: Josemar Antunes/EM TEMPO

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo teria iniciado na fiação elétrica da casa – foto: Josemar Antunes/EM TEMPO

Um incêndio de grandes proporções consumiu totalmente uma residência e um lanche no início da noite desta terça-feira (30), na rua Afonso Pena, bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros, Andrey Barbosa, o fogo teria iniciado na fiação elétrica da casa.

“Ainda não sabemos o certo o que realmente provocou o incêndio, mas a causa mais provável pode ter sido um curto-circuito que se iniciou dentro de um quarto da residência”, explicou o capitão Andrey.

O fogo se alastrou rapidamente consumindo os sete compartimentos do imóvel e mais uma lanchonete próximo a residência, conhecida como ‘Lanche da Laura’, que funcionava em frente ao Ambulatório Araújo Lima, anexo do Hospital Universitário Getúlio Vargas. Ninguém ficou ferido.

O fogo se alastrou rapidamente consumindo os sete compartimentos do imóvel - foto: Josemar Antunes/EM TEMPO

O fogo se alastrou rapidamente consumindo os sete compartimentos do imóvel – foto: Josemar Antunes/EM TEMPO

No momento do incêndio não havia ninguém na casa e no lanche. Segundo a proprietária do imóvel ao lado da casa atingida, Isabela Gama, 18, que assistia a um programa de televisão com a família, quando foram avisados por populares sobre o incêndio.

“Assim que vimos o fogo saímos rapidamente da casa. Graças a Deus minha a casa nossa não foi atingida e ninguém se feriu”, disse a jovem.

Os proprietários do lanche estavam abalados e não quiseram comentar o incidente.

O proprietário da casa que foi destruída pelas chamas, e que preferiu não se identificar, informou que chegou a sofrer queimaduras no braço ao tentar salvar os objetos do imóvel e retirar os vizinhos da casa ao lado.

“Até agora não sabemos o que aconteceu. Vamos aguardar o laudo da perícia para recomeçar e superar com ajuda de amigos e da família esta situação que nos pegou de surpresa”, lamentou.

Durante a ocorrência, quatro viaturas dos bombeiros, sendo três caminhões e um carro de apoio foi deslocado para o combate às chamas. Ao todo 15 mil litros de água foram gastos na ação de controle das chamas e rescaldo.

Policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) fizeram o isolamento do local.

 

Por Josemar Antunes (especial EM TEMPO).

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir