Dia a dia

Incêndio atinge terreno na avenida das Torres

Bombeiros tiveram dificuldades para combater o fogo, em virtude do vento que espalhava as chamas-foto: divulgação

Bombeiros tiveram dificuldades para combater o fogo, em virtude do vento que espalhava as chamas-foto: divulgação

Um incêndio destruiu parte da vegetação de um terreno de, aproximadamente, mil metros, localizado na avenida das Torres, no bairro Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul, na tarde deste domingo (20). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, de janeiro a setembro deste ano, foram registrados 250 focos de incêndios em terrenos cobertos de mata, espalhados por Manaus.

O fogo se alastrou pelo espaço localizado ao lado de uma academia. Durante os trabalhos a equipe dos Bombeiros encontrou uma lamparina. “Possivelmente alguém acampou na floresta e levou a lamparina, talvez num descuido tenha derrubado e o fogo se alastrado pelo local, que está muito seco. Também não descartamos a ideia de que o incêndio possa ter sido intencional. Encontramos o material no terreno”, disse um bombeiro que pediu para não ter o nome divulgado.

Os bombeiros tiveram dificuldades em controlar as chamas, uma vez que ventava muito e o fogo se espalhava pela mata com facilidade. Pela manhã, a mesma equipe já havia controlado um incêndio em uma área verde no bairro Mauazinho, na Zona Leste.

Conforme informações repassadas pelos Bombeiros, no último dia 13, foram atendidas 17 ocorrências de incêndios em vegetação em vários pontos da cidade. Em dias calmos, são registradas de cinco a seis ocorrências.

Intencionais

De acordo com o tenente Janderson Lopes, da assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, a principal causa dos sinistros são os focos intencionais causados pelos próprios moradores da região. “Muitos incêndios registrados na região metropolitana são causados por baderneiros, ou por brincadeiras de criança ou pelos próprios moradores ao fazer a limpeza de seu terreno. Muitos querem fazer a limpeza tocando fogo. Outros fazem até a capinagem, mas acabam tocando fogo no final”, salientou.

Por Ive Rylo

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir