Sem categoria

Incêndio atinge seis casas na Zona Oeste

Os pertences de todas as casas de madeira foram queimados totalmente - foto: Ricardo Oliveira

Os pertences de todas as casas de madeira foram queimados totalmente – foto: Ricardo Oliveira

Um incêndio de grandes proporções destruiu três casas de madeiras e atingiu parcialmente outras três de alvenaria na rua Novo Paraíso, entre os bairros Nova Esperança e Alvorada, na Zona Oeste. O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência às 13h49 desta quinta-feira (04). O incidente não deixou vítimas.

De acordo com informações do tenente Veranildo, do Corpo de Bombeiros, as chamas já haviam tomado as residências quando a brigada de incêndio chegou. Os próprios moradores fizeram uma “corrente humana” e começaram a combater as chamas usando água de um igarapé que passa ao lado das residências.Os bombeiros confinaram as chamas para impedir que o fogo atingisse outras casas.

“O fogo se alastrou muito rápido devido ao sol forte e a madeira seca. O que segurou mais o fogo foi a alvenaria de algumas casas, que fizeram um paredão. Ao chegarmos conseguimos debelar as chamas e fazer o rescaldo”, explicou o tenente.

De acordo com a moradora de uma das casas atingidas pelo incêndio, Ana Paula,30, a mãe dela, Luzia Francisca, 45, e dois sobrinhos Antônio, 4, e Edmilson, 9, estavam dentro de casa quando o fogo começou. “Minha mãe disse que quando viu, o incêndio já estava grande e as chamas muito altas. Só deu tempo de os vizinhos correrem para ajudar a tirar ela e os meninos porque não conseguiam mais sair. Ela ficou em estado de choque, até porque ela já estava com problema de depressão”, disse.

 

Após a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros, foi necessário apenas fazer o confinamento evitando que o fogo se alastrasse para mais casas - foto: divulgação

Após a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros, foi necessário apenas fazer o confinamento evitando que o fogo se alastrasse para mais casas – foto: divulgação

As causas do incêndio ainda são desconhecidas pelo Corpo de Bombeiros. Veranildo explicou que somente a perícia poderá apontar as causas do incêndio, uma vez que os depoimentos dos moradores não coincidem.

Os pertences de todas as casas de madeira foram queimados totalmente. Uma das casas de alvenaria que foi queimada parcialmente deverá ser demolida pela Defesa Civil porque ela corre o risco de desabar.

Agentes da Defesa Civil do Município foram até o local fazer o cadastro e prestar apoio aos moradores que ficaram sem moradia.  Ao todo foram usadas na ação quatro viaturas de combate a incêndio e uma unidade de resgate para feridos. Foram utilizados 25 mil litros de água e um efetivo de 15 combatentes.

Por Joandres Xavier

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir