Dia a dia

Idosos e rapaz autista são agredidos e torturados durante assalto em Iranduba

Três pessoas de uma mesma família viveram momentos de terror durante a madrugada da última quinta-feira (6), após  dois criminosos, identificados apenas como “Ratão” e “Careca” invadirem a residência das vítimas, onde espancaram, feriram com golpes de terçado e roubaram à família. As vítimas, o aposentado Raimundo Queiroz, de 67 anos, a irmã dele, aposentada Izabel Costa Queiroz, de 87 anos, além do jovem Daniel Queiroz, de 22 anos, que é autista, ficaram feridos, após a ação violenta dos bandidos.

Leia também: Agência do Banco do Brasil é assaltada em Iranduba

O crime ocorreu na rua Marmelo, bairro Alto, no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). O aposentado Raimundo foi ferido com várias terçadadas no peito, costas e braços. Daniel foi ferido com uma terçadada na cabeça, já Izabel ficou ferida no braço esquerdo. A aposentada segue internada no pronto Socorro João Lúcio, onde passará por uma cirurgia. Segundo testemunhas, os assaltantes ainda tentaram estuprar Izabel no chão da casa.

Segundo a filha de Izabel, a bacharel em direito Socorro Mesquita, de 47 anos, as vítimas estavam deitadas no quarto, quando a empregada da residência ouviu um barulho no telhado da casa. Não conseguindo tirar as telhas, os assaltantes foram até a cozinha e, com uma picareta e perna manca nas mãos, conseguiram arrombar a janela. Ao entrarem na casa, os criminosos, armados com as armas brancas, e sob forte efeito de entorpecentes, gritaram pedindo dinheiro e que abrissem o cofre.

“Um deles estava com uma blusa cobrindo o rosto e o outro estava de cara limpa, com os olhos muito vermelhos pelo uso de drogas. Começaram a falar palavrões terríveis para o meu irmão e foram para cima dele com o terçado e com uma faca de açougueiro. Cortaram meu irmão e bateram muito nele. Depois foram para cima de meu sobrinho Daniel que é autista,  sempre pedindo dinheiro. Daniel gritava pedindo socorro, mas nenhum vizinho acionou a Polícia”, relatou.

A bacharel em Direito disse ainda que a mãe dela ainda gritou pedindo para os criminosos não matarem o irmão e o neto dela, nesse momento, “Ratão” e “Careca” jogaram a aposentada no chão e tentaram estuprá-la, mas o aposentado gritou implorando que a dupla não fizesse isso.

Idosa vai passar por cirurgia no HPS João Lúcio

“Foi uma hora de terror na casa da minha família. A empregada ficou vendo tudo escondida. Mesmo com meu irmão e o meu sobrinho feridos, eles continuavam a cortar o meu irmão, ordenando que ele carregasse a televisão para eles. Quando conseguiram tirar a televisão, os bandidos fugiram pulando o muro. Foi aí que meu irmão sangrando, conseguiu pedir ajuda na rua”, informou Socorro.

Raimundo e Daniel foram levador ao Pronto-Socorro da Zona Sul, onde Daniel levou 30 pontos, devido ao corte profundo da cabeça. Izabel que teve dois cortes profundos no braço, segue internada em estado grave. 

O caso foi registrado na 31a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) em Iranduba. A reportagem tentou contato com o delegado Antônio Chicre Neto, responsável pela delegacia, mas não obteve sucesso. Os assaltantes seguem foragidos.

Ana Sena
EM TEMPO

Leia mais

Agência bancária assaltada em Iranduba não conta com vigilância noturna

Construção de presídio federal em Iranduba divide opiniões

Corpo de idoso desaparecido há mais de 24h é encontrado no Cacau Pirera

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir