Dia a dia

Idoso sai cedo para comprar pão, mas é morto por assaltante

Comprar pão de manhã cedo era costume que acabou sendo morto com um tiro na cabeça e teve a moto roubada – Daniel Landazuri

O mestre de obras Luiz Gil Teixeira, de 62 anos, foi morto com um tiro na cabeça na manhã desta segunda-feira (15) após reagir a um assalto na rua Formosa, bairro Parque das Nações, Zona Centro-Sul de Manaus. O idoso teve a motocicleta modelo CG Fan, de cor vermelha, roubada pelo suspeito, que fugiu sem ser identificado.

De acordo com informações dos policiais da 12º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o idoso foi abordado no momento em que saia de uma panificadora. Um homem ainda não identificado, moreno, magro e usando uma mochila anunciou o assalto quando a vítima se preparava para sair em sua motocicleta.

Uma funcionária do estabelecimento informou que o idoso tinha acabado de sair com as compras do estabelecimento e tentou voltar para se proteger do assalto.

“Ele saiu da moto e veio voltando de costas para dentro da panificadora, ele chegou a bater na mão do suspeito que estava querendo puxar a chave da mão dele.  Quando ele conseguiu entrar na padaria o suspeito atirou e tomou a chave da mão dele”, disse uma funcionária da panificadora, que preferiu não ter o nome divulgado.

Abalado, o filho da vítima, que não quis se identificar, informou que o pai havia saído de casa, como fazia de costume todas as manhãs, para comprar pão. Luiz deixa a esposa e quatro filhos.

O Samu foi acionado, mas o idoso não resistiu ao ferimento e morreu ainda no local do crime. O corpo foi encaminhado pra o IML e o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Daniel Landazuri
EM TEMPO

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir