Sem categoria

Idoso é preso por aliciar menina de 12 anos na Manaus Moderna

Populares revoltados com a situação acionaram a PM e detiveram o suspeito – foto: Cecília Siqueira

Populares revoltados com a situação acionaram a PM e detiveram o suspeito – foto: Cecília Siqueira

O idoso Francisco Rodrigues de Souza, 73, foi detido suspeito de tentar estuprar uma estudante de 12 anos, nas dependências da feira da Manaus Moderna, localizada entre a rua Barão de São Domingos e avenida Lourenço Braga, no Centro, por volta das 13h30 desta quarta-feira (4). A ação foi flagrada pela mãe da adolescente que acompanhava a família nas compras.

De acordo com os policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), após ocorrer o fato, populares revoltados com a situação acionaram a PM e detiveram o suspeito. “Ele estava em estado de embriaguez e afirma que não cometeu nenhum crime. Mas pelas circunstâncias nós o levamos até a delegacia para que ele prestasse depoimento e a Polícia Civil tomasse as medidas cabíveis”, informou um policial militar, que preferiu não se identificar.

O pai da adolescente, um comerciante de 45 anos relatou que estava com a família fazendo compras quando foi surpreendido com o pedido de socorro da esposa que presenciou a ação. “Estava caminhando na frente, meus filhos no meio e minha esposa vinha logo atrás deles. Íamos comprar camarão para o carnaval e ocorreu uma situação revoltante como esta. Fomos assistidos pelos seguranças da feira que aguardaram a chegada da polícia e ele foi detido. Não aceitaria que isso acontecesse com nenhuma criança e, principalmente, com minha filha”, lamentou.

Em depoimento à polícia, Francisco negou o crime, informou o titular do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Aldeney Góes. Ao ser questionado pelos PMs, o suspeito informou que não considera “passar a mão” em uma menina o crime de estupro. Francisco foi autuado pelo crime de importunação ofensiva ao pudor, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e vai responder em liberdade.

Por Thaís Gama

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir