Mundo bizarro

Idoso chinês oferece recompensa de R$ 3 mil mensais para quem adota-lo

Huan Qi, de 75 anos, de Changzhou, na província de Jiangsu, China, tomou uma atitude pouco comum para por fim a solidão que está passando. Através de um anúncio de jornal, Huan está oferecendo uma quantia mensal de 3 mil reais para a família harmoniosa que adota-lo.

A solidão atual do senhor de Qi existe por conta de sua mulher ter morrido em 1999, o único filho de 41 anos, que dorme em um alojamento onde trabalha, não ir visita-lo e o cuidador responsável pelo idoso ter se casado e não poder mais cuidar de Huan.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir