Dia a dia

Hospital Francisca Mendes fará procedimento inédito

Procedimento que será realizado em Manaus poderá ser ofertado futuramente em todo o país, pelo Sistema Único de Saúde- foto: divulgação

Procedimento que será realizado em Manaus poderá ser ofertado futuramente em todo o país, pelo Sistema Único de Saúde- foto: divulgação

Um procedimento cirúrgico inédito na Região Norte, será realizado no próximo sábado (8), no Hospital do Coração Francisca Mendes, na zona Norte de Manaus. Um implante de válvula aórtica por via transapical, ou seja, sem a necessidade de abrir o peito do paciente, fazendo apenas uma incisão de 4 centímetros, será realizado. A cirurgia contará com a participação de membros convidados da diretoria da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e da Fundação Adib Jatene (SP).

Esse tipo de procedimento, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, é realizado em apenas duas instituições no Brasil, ambas em São Paulo – o Instituto do Coração (InCor/USP) e o Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, que é mantido pela Fundação Adib Jatene. De acordo com Pedro Elias, já há estudos do Ministério da Saúde, para ofertar o procedimento de forma regular, pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Manaus, o implante será realizado em uma paciente com 85 anos. Mesmo já tendo feito ponte de safena, a paciente ainda sente dores no peito e falta de ar, por ter uma obstrução na válvula aórtica. Antes, para esse procedimento, seria necessário abrir o peito do paciente, uma intervenção de altíssimo risco, com elevadas taxas de mortalidade. Com a nova tecnologia, por meio da incisão é introduzido um cateter, que leva a válvula até a obstrução e, assim, libera a passagem do sangue.

O procedimento será realizado como parte da programação do simpósio sobre “Técnicas Avançadas em Cirurgia Cardiovascular”, que acontece amanhã (7) e no sábado (8), no auditório de Ensino e Pesquisa da fundação, que é referência em Cardiologia, na rede estadual de saúde. O evento é organizado pelo Departamento de Ensino e Pesquisa da Fundação Hospital do Coração Franscisca Mendes.

O diretor-presidente da Fundação Hospital do Coração, Ivan Tramujas, explicou que, nesta sexta-feira, o grupo irá discutir novos procedimentos, técnicas e tecnologias disponíveis para as cirurgias cardiovasculares e seus avanços na qualidade de vida dos pacientes.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir