Dia a dia

Horas após impedir fuga de assaltante, homem é alvejado com tiro no pescoço no Jorge Teixeira

O corpo foi removido para o IML - foto: arquivo EM TEMPO

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal  (IML) – foto: arquivo EM TEMPO

O lavador de carros Marcelo Ramos Furtado, 33, morreu na noite deste domingo (7), no Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, após ser atingido com um tiro no pescoço, na avenida Camapuã, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

O crime ocorreu por volta das 19h45, nas proximidades da Terminal de Integração (T4). Marcelo que trabalhava em uma lava jato na área, segundo a polícia, horas antes do crime teria impedido a fuga de um assaltante e o agredido até a chegada da PM.

Conforme testemunhas, dois homens haviam assaltado alguns populares nas proximidades do terminal e Marcelo, que estava trabalhado, observou os criminosos tentando fugir e conseguiu deter um deles. O outro fugiu sem ser identificado.

Horas depois, um homem não identificado foi até ao lava jato em um carro de cor vermelha e placa não identificada e atirou contra Marcelo. A vítima foi socorrida por um cliente do estabelecimento e levado para o HPS Plantão Araújo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A família de Marcelo acredita que a morte dele foi uma represália devido ao fato dele ter impedido a fuga e agredido o assaltante, sendo que segundo os familiares, o homem não tinha nenhum envolvimento com o tráfico de drogas e era uma pessoa calma.

Inicialmente o caso foi registrado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídio e Sequestros (DEHS).

Por equipe EM TEMPO Online

Colabrou Ana Sena

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir