País

Horas antes de abertura, ato contra Temer bloqueia avenida no Rio

Uma manifestação contra o governo interino Michel Temer fechou os dois sentidos da Avenida Atlântica, em Copacabana, no Rio.

Organizado pelas frentes Brasil Popular, Povo sem medo e Esquerda Socialista, ocupa todo o quarteirão do hotel Copacabana Palace.

Segundo organizadores, a ideia é caminhar pela orla até a megaloja dos Jogos Rio-2016, na altura da rua Figueiredo Magalhães.

Há bandeiras de centrais sindicais, como a CUT, e de partidos como PT, PCdoB, PSOL, PSTU e PCB. Nas faixas, predomina a inscrição ‘Fora Temer’ e ‘golpista’.

Vários deputados federais caminhavam em meio aos manifestantes, como Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Chico Alencar (PSOL-RJ) e Benedita da Silva (PT-RJ).

Segundo o pré-candidato à prefeitura do Rio e deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), o ato é uma chance de mostrar ao mundo as violações à democracia no Brasil.

“As contradições das olimpíadas, entre despejos e corrupção, também são nosso alvos. Mas hoje estamos aqui contra o Temer”.

Não havia cartazes contra os Jogos Olímpicos do Rio.

Segundo a polícia, o Estado não foi comunicado sobre a atividade, mas 70 policiais militares fazem a segurança do ato. O Batalhão de Choque não foi acionado.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir