Mundo

Homens são presos por suspeita de apologia ao Estado Islâmico

Duas pessoas foram presas na quinta-feira (11), na cidade de São Paulo, suspeitas de fazer apologia ao Estado Islâmico (EI) na internet. As duas prisões são temporárias, valem por 30 dias, e foram realizadas na deflagração da 2ª fase da operação Hashtag.

Outras três pessoas foram alvo de condução coercitiva, ou seja, levadas para prestar depoimento, sendo liberadas em seguida, no Estado de São Paulo. Além disso, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão – sendo um deles, no interior do Paraná.

Na 1ª etapa da operação, em 21 de julho, 12 pessoas também foram presas temporariamente, por 30 dias. Todas seguem detidas no presídio federal de Campo Grande (MS). Um menor foi apreendido na 1ª fase. De acordo com as investigações, os suspeitos envolvidos nesta nova etapa da Operação Hashtag fazem parte do mesmo grupo detido no mês passado. Eles seguem para o mesmo presídio, em Campo Grande.

Por meio de nota, a Polícia Federal (PF) informou que todos os envolvidos nesta fase são brasileiros. Segundo o juiz, as prisões temporárias e as demais medidas foram autorizadas diante dos indícios das práticas de dois crimes previstos na nova lei antiterrorismo.

Bomba em ginásio

Uma suspeita de bomba na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico, atrasou a entrada do público que iria assistir ao duelo entre Espanha e Nigéria, pelo basquete masculino, na noite de quinta-feira (11). O Grupo Antibomba da PF foi analisar uma bolsa suspeita. Às 19h, foi ouvida uma explosão por um segurança.Bolsas suspeitas podem ser explodidas durante operações de esquadrões antibomba.

A entrada do público foi liberada às 19h07; sete minutos após a partida começar, com arquibancadas vazias. A Polícia Federal informou que foi acionada para checar a mochila suspeita e, depois de adotados os procedimentos definidos em protocolo, optou-se pela detonação do objeto. Não foi constatada a presença de ameaça.

Segundo o Comitê Rio 2016, dentro da mochila havia roupas e um tablet.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir