Sem categoria

Homens são presos após tentar explodir casa de cabo do Exército, em Novo Airão

O artefato explosivo foi desativado pelo  Grupo Marte da Polícia Militar - foto: divulgação

O artefato explosivo foi desativado pelo Grupo Marte da Polícia Militar – foto: divulgação

Darcy Borges Sales, conhecido como “Macaco”, 47, e Roniee Vam dos Santos, 35, foram presos após jogar uma bomba de fabricação caseira, na casa do cabo do Exército Brasileiro, Sadrak Duarte Lima, 32, localizada no bairro Chicó, no município de Novo Airão (a 115 quilômetros de Manaus). O fato ocorreu 1h30 da madrugada dessa segunda-feira (3). 

De acordo com o delegado adjunto da 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), do munícipio, Guilherme Ferreira, moradores da cidade foram até a delegacia informar que dois homens tentaram explodir a casa do cabo. Os policiais foram ao local informado e encontraram a vítima tentando imobilizar um dos suspeitos. O outro suspeito fugiu local, porém, a polícia fez buscas pela área e conseguiram prendê-lo poucos metros de onde ocorreu o fato.

O delegado destacou que a motivação do crime seria por vingança, já que o militar participou da desapropriação de terras invadidas por Darcy e Roniee. Além do militar, na casa, estava a esposa dele e os filhos, mas ninguém ficou ferido.

“Felizmente ninguém ficou ferido. A família do cabo ficou muito assustada com atentado. Eles jogaram o artefato na cada dele com a intenção de explodir o local, pois o militar participou de uma desapropriação de terras no município”

O artefato explosivo foi desativado pelo Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (MARTE) da Polícia Militar.

A dupla foi autuada em flagrante por porte ilegal de artefatos explosivos, previsto no artigo 16 da Lei 10826, que proíbe esse tipo de pratica. Os homens ficaram na carceragem da delegacia a disposição da justiça.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir